Charlie Sheen, o 11 de setembro e a Globo

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

O famoso ator Charlie Sheen, em nome das famílias dos mortos no 11 de setembro de 2001, desafiou para um debate público uma série de pessoas da mídia norte-americana que acreditam na versão oficial. Também questionou publicamente o presidente Obama a respeito, devido as flagrantes falhas de investigação e ao tratamento injusto dado pela Comissão Investigadora aos familiares das vítimas do WTC, ao povo estadunidense e a população do mundo todo. Sobre isso recomendo a 2ª parte do famoso documentário Zeitgeist.



O canal do Youtube "verdade oculta" editou um vídeo sobre o assunto, vinculando-o com uma reportagem do Fantástico da Globo, indicando que a mídia oficial já se sente ameaçada. É mais uma voz a se levantar contra a "verdade oficial" e a "mentira verdadeira". Pode-se discordar de algumas interpretações ou críticas, mas o valor maior está na atitude questionadora do monopólio da verdade e da mídia.

Nenhum comentário: