Exopolítica: entrevista com o cientista Arthur Neumann

segunda-feira, 23 de novembro de 2009



Henry Deacon ou Arthur Neumann é um especialista em diversas tecnologias e trabalhou durante muitos anos para o Depto. de Defesa dos EUA e também para outros países, em diversos projetos secretos ou classificados como tais. Deu uma entrevista ao Projeto Camelot onde se tornou conhecido e agora é entrevistado por Rafael Palacios, durante a cúpula de Exopolíticas de Barcelona (ver vídeo acima).

Felizmente pessoas como ele estão vindo à tona e trazendo informações de dentro do sistema, tais como vimos no Disclosure Project. São centenas de militares, burocratas, cientistas, astronautas, ex-espiões que estão revelando os projetos secretos por trás do governo dentro do governo dos EUA e de outros países.

Deacon nos conta sobre as tecnologias secretas de guerra usadas pelo governo dos EUA (bombas de neutrons, armas de elétrons, aceleradores de partículas, bombas de micro-ondas, armas sônicas, armas para induzir stress e causar doenças aos inimigos do sistema).



Na 2ª parte fala sobre projetos de espionagem eletrônica e como ninguém atualmente tem privacidade nenhuma, mas fala também que não há nada a temer e que temos que celebrar a mudança que já está em andamento e que acontecerá inevitavelmente, pois os chamados poderosos não o são de fato. Alerta que haverá um primeiro contato com outras civilizações mas que esse primeiro contato será uma armação feita por humanos que dominam certas tecnologias.

Na 3ª parte fala sobre as gripes e como defender-se delas, aumentando a própria imunidade. Também cita o relatório Montanha de Ferro, abaixo alguns trechos:

"A Paz Indesejável (Original: Report from Iron Mountain, 1969) é o surpreendente e chocante relatório da comissão da Montanha de Ferro tornando ostensivo - sem qualquer corte - pela indiscrição de um de seus membros. Foi acrescido de material introdutivo explicativo, preparado pelo jornalista do The New Yorker, Leonard C. Lewin..." (Apresentação do livro)

"Leonard C. Lewin apresenta o livro como um verdadeiro furo. Uma vez, em agosto de 1963, um cientista social o procurou para lhe passar as conclusões do estudo feito por uma comissão da mais alta importância, convocada por Washington, para determnar, realística e precisamente, a natureza dos problemas que os Estados Unidos teriam de enfrentar se, e quando, o mundo atingir uma condição de paz permanente.

"As conclusões do relatório da comissão foram tão chocantes, que a própria comissão resolveu não as publicar. Em síntese, o relatório legitima a guerra... Este livro foi considerado pela maioria dos críticos, uma obra tão interessante, mas tão fictícia...

"E há ainda um depoimento impressionante. Trata-se do que disse a professora de sociologia da Universidade Estadual da Pensilvânia, Jessie Bernard: 'Antes de comentar este relatório, gostaria de corrigir um rumor errôneo. Na página 21, o autor declara que não havia mulheres na comissão. Acontece que fui membro do Grupo. Mas minhas contribuições eram tão contrárias ao tom das discussões... que, por consenso, me pareceu melhor pular fora'". (Nota do tradutor Luiz Orlando Carneiro).

Na 4ª parte Neumann fala sobre energia livre, energia do ponto zero, efeito Cashimir, o escudo anti-gravitacional e novas formas de comunicação que superam a internet.

Um comentário:

Marcelo disse...

Amigo eu estou a procura de parcerias para o blog que eu participo Teorias de Conspiração "www.teoriasdeconspiracao.com.br" gostei muito do conteudo do seu e gostaria de saber se vc se enteresa em fazer essa parseria com nosso blog,coso sim entre em contato comigo ou com o editor do blog Mateus Marrero ou pelo blog pelo orkut "Marcelo -- Lobo Solitário" ou "Mateus Marrero" . Obrigado e até mais !

há e lembrando quanto mais todos se unirem contra a NOM e as porcarias dela melhor sera , então vamos buscar essa união tbm nos blogs para enfatisar a nossa luta contra ela ,e dufundir a verdade sobre tudo que eles pretendem para nos e todos que se oporem a eles !!!!