Pergunta

terça-feira, 3 de novembro de 2009

O fim do mundo em 2012 - Reportagem Especial de Veja

Os planetas, as estrelas, o calendário maia e, é claro, uma superprodução de Hollywood reavivam a ideia aterrorizante do apocalipse e levantam uma questão: por que continuamos a acreditar em profecias finalistas apesar de todas elas terem fracassado redondamente?

Resposta nossa antes de ler a reportagem.

O fracasso do fim espelha (inversamente) o nosso desejo do fim do fracasso de uma civilização. Por isso a crença se perpetua, ela espelha o nosso desejo do fim daquilo mesmo que está errado em nosso modelo de civilização. O fatalismo é o disfarce da esperança.

F.A.

obs: agradecimentos à nossa Flora Mª pela reportagem enviada.

Um comentário:

{ Fernanda } disse...

Saudações, Fernando.
Obrigada pela visita.
E ao encontro de SP,
vc irá!?

Abraços.