Documentário: E se Einstein tivesse sido bom aluno?

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Einstein é praticamente uma marca, uma marca de genialidade. E mesmo após 100 anos parece que ninguém o igualou. Talvez. Me surge agora o nome de Nicola Tesla. Assistir esse documentário sobre a biografia de Einstein é refletir sobre a diferença e como ela pode ser compreendida. Se não fosse por um homem - Max Planck - o gênio de Einstein nunca seria revelado, ficaria perdido num escritório de patentes. Mesmo hoje a nova Física que ele ajudou a parir é muito pouco compreendida, mesmo pelas pessoas que possuem certo nível cultural e intelectual. Temos mais de um século de uma revolução no pensamento e isso ainda é pouco entendido pela maioria. Nas escolas até hoje se ensinam paradigmas superados como se fossem verdades incontestáveis.

Uma das coisas que essa biografia revela é simplesmente espantosa: se Einstein não tivesse ido trabalhar num escritório de patentes e tivesse ficado à sombra, na assistência de algum professor ou cientista, nunca teria tido espaço para imaginar seu conceito de luz, de fóton, a teoria especial da relatividade e depois a teoria geral da relatividade.

Graças a Deus Einstein foi praticamente menosprezado e rechaçado nas escolas e faculdades, e assim seu gênio pode manifestar-se livremente. Isso nos faz pensar que as escolas são instrumentos sabotadores do verdadeiro pensar. Agradeço todas as vezes que tive coragem de matar as aulas para ir estudar por conta própria na biblioteca! E se Einstein tivesse sido um aluno exemplar? Provavelmente não teria sido Einstein.

parte 1 / parte 2 / parte 3 / parte 4 / parte 5 / parte 6 parte 7 / parte 8 / parte 9

Nenhum comentário: