Transmutação da Energia Sexual - 5ª parte

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Existe um natal da alma, um nascimento da alma, que independe de tempo ou lugar porque se dá no espaço sagrado de nós mesmos.

Antes de entrarmos na interpretação de João 3; 1 a 14, sobre a transmutação da energia sexual criadora e o significado do segundo nascimento (notem que sincronicamente o ensinamento do mestre sobre esse ponto termina no parágrafo 14, que nos remete a Temperança e seus vasos alquímicos no Tarot, apesar do capítulo 3 ser mais longo), o natal da alma, precisamos lembrar do princípio hermético da analogia, chave lógica para a compreensão do ensinamento do rabi Jesus nesse ponto.

O Princípio da Correspondência

"O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima." − O CAIBALION −

"Este Princípio contém a verdade que existe uma correspondência entre as leis e os fenômenos dos diversos planos da Existência e da Vida. O velho axioma hermético diz estas palavras: "O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima.’ A compreensão deste Princípio dá ao homem os meios de explicar muitos paradoxos obscuros e segredos da Natureza. Existem planos fora dos nossos conhecimentos, mas quando lhes aplicamos o Princípio de Correspondência chegamos a compreender muita coisa que de outro modo nos seria impossível compreender. Este Princípio é de aplicação e manifestação universal nos diversos planos do universo material, mental e espiritual: é uma Lei Universal.

Os antigos Hermetistas consideravam este Princípio como um dos mais importantes instrumentos mentais, por meio dos quais o homem pode ver além dos obstáculos que encobrem à vista o Desconhecido. O seu uso constante rasgava aos poucos o véu de Isis e um vislumbre da face da deusa podia ser percebido. Justamente do mesmo modo que o conhecimento dos Princípios da Geometria habilita o homem, enquanto estiver no seu observatório, a medir sóis longínquos, assim também o conhecimento do Princípio de Correspondência habilita o Homem a raciocinar inteligentemente,do Conhecido ao Desconhecido. Estudando a mônada, ele chega a compreender o arcanjo".

A raiz e a copa se espelham.

10 comentários:

Rui disse...

olá! antes de mais, excelente o seu trabalho! só hoje conheci este site,mas já sei que o vou visitar muitas vezes.. acho extremamente interessantes as suas matérias! em relação á minha duvida, é o seguinte: voce fala em determinadas posições, posturas e tecnicas de respiração em relação á transmutação sexual.. voce pode publicar exemplos dessas mesmas posturas etc?? pelo que li em outro site, a masturbação não conta como acto de transmutação e por isso apenas o acto sexual conta.. qual a sua opinião acerca disto? poderia realizar uma especie de resumo dos passos a dar rumo á transmutação?em trmos praticos claro.. fico mt grato pela atenção.. estou pensar seguir estes ensinamentos da transmutação sexual.. continue o bom trabalho!

Martyn disse...

Devemos fazer todo o trabalho, porém qual é o trabalho? Necessitamos compreender qual é o tra-balho que vamos fazer, temos de acabar com muitos conceitos equivocados. Dizem as diferentes organi-zações de tipo pseudoesoterista e pseudo-ocultista que o homem tem sete corpos:

Físico – Etérico – Astral – Mental – Causal – Búdico – Átmico

O curioso de tudo isso é que os pseudo-esoteristas e pseudo-ocultistas crêem que todos os humanos, melhor diríamos, os humanos que cobrem a superfície da terra, já possuem os sete corpos… Naturalmente, isto é completamente falso. O animal intelectual equivocadamente chamado homem somente temo corpo físico e seu assento vital orgânico. Não tem nada mais. Não tem astral nem mental e causal muito menos, O que tem depois do corpo físico e do vital é o Ego, o eu, o mim mesmo, o si mesmo, que faz as vezes de astral, que faz as vezes de mental, mas que não é corpo astral nem corpo mental. Pude viven-ciar isto facilmente nos mundos internos.

Em nome da verdade e com grande ênfase digo-lhes que quando me movo no mundo astral com inteira claridade meridiana vejo quem tem astral e quem não tem tal corpo. As multidões encarnam, vão e vêm e não sabem porque; não têm corpo astral. São míseras sombras, fantasmas inconscientes, parecem verdadeiros sonâmbulos na região do Averno. Se ti-vessem corpo astral seriam diferentes, seriam vistas como homens, seriam distintas. Qualquer um pode fazer ali a diferenciação entre alguém que tem astral e alguém que não tem.

http://www.gnosisonline.org/teologia-gnostica/moises-e-os-misterios-da-alquimia/

Rafael F.C. disse...

A raiz e a copa tem a mesma origem,(a semente fecundada).

Me surpreendi ao descobrir que um fruto se origina de uma folha modificada,e que por toda a sua vida a planta continua crescer, é claro se o solo conter os nutrientes que ela precisa.

É algo que eu preciso estudar mais " a raiz e a copa se espelham"

Sinto muito, eu te amo, me perdoa, agradeço.

Martyn disse...

Agora, no momento, explicaremos alguns exercícios que podem ser realizados tanto por solteiros quanto por casados. Vou dar a você agora mesmo a técnica, preste atenção: sente-se comodamente ao estilo oriental, com as pernas cruzadas, ou ao ocidental, em uma poltrona cômoda.

Relaxe seu corpo como fazem as crianças. Inale profundamente, muito devagar e imagine que a Energia Criadora sobe pelos canais espermáticos até o cérebro; pronuncie o mantra Ham, assim: Haaaammmm… (o H soa como “H” de “house” em inglês), e exale curto e rápido, pronunciando o mantra Saaaahhhh…

Sem dúvida, inala-se pelo nariz e exala-se pela boca.

Ao inalar deve-se mantralizar a sílaba Ham MENTALMENTE (pois se está inalando pelo nariz), mas ao exalar, pode-se articular a sílaba Sah de forma SONORA.

http://www.gnosisonline.org/tantrismo/o-mantra-ham-sah/

Tiago disse...

Acredito na credibilidade dos livros do mestre Taoista Mantak Chia. Talvez algum post referente a alquimia interna taoista venha a ser útil.

A alquimia interior Taoista:
A energia sexual é o principal ingrediente da Alquimia Interior. A chave para esta ilustração é o mar de água (rio de energia sexual) que flui corrente abaixo. Ser capaz de fazer a água (energia sexual) fluir rio acima é o inicio da Alquimia Interior, a mais alta prática espiritual.

Martyn disse...

Tiago... valew pela pista do site http://kungfusexualchines.blogspot.com/

transmutar a energia sexual com meditação assusta qualquer um :D

hj na meditação com aquela técnica de respiração pranayama http://pt.wikipedia.org/wiki/Pranayama

uma energia acumulava no Chacra Laríngeo ou Vishuddha e eu exteriorizava ... na terceira vez q fiz o pranayama e segurei a energia com esse chacra ... ficou um silencio estranho... não foi só a audição q diminui muito... acho q mexeu com os outro sentidos.. pq eu me sentir preso no meu corpo.. depois de uns 5 min eu abri os olhos... só isso e todos os sentidos voltaram...

assusta !!! :D :D :D

Martyn disse...

O Animal Intelectual é lunar 100% e realmente não é verdadeiro Homem.

Só fabricando os Corpos Solares nos convertemos em Homens Verdadeiros.

http://www.gnosisonline.org/psicologia-gnostica/os-corpos-lunares/

Martyn disse...

A ALQUIMIA INTERIOR TAOÍSTA

Esta antiga reprodução ilustrando o método de alquimia interna foi provavelmente originariamente desenhada por um Taoísta altamente empreendedor do período da Dinastia Tang da China (7o. século C.E.). Este foi um período áureo da alquimia interna, com muitas escolas Taoístas e Chan Budistas (a mistura de ensinamentos Tao-Budistas conhecida depois como “Zen” no Japão), e mosteiros que recebiam apoio imperial.

http://www.4shared.com/document/An-YGc9M/mestre_mantak_chia_-_a_alquimi.html

beijamim disse...

Eu não vou complicar muito. Insisti bastante por essas matérias sobre sexualidade, porque a doença está grande, e a raíz está no sexo desprovido de integridade.
Se a turma aprender a transar com amor, já está bom demais. Muita coisa se equilibra a partir disso, e alguns malabarismos até podem ser possíveis. Mas sem essa consciência amorosa, acho inútil tentar pular etapas e ir para qualquer outra coisa.
Realmente a gente é ensinado a ser muito vaidoso e usar o sexo para ter amor, sendo que ele serve e funciona bem para quem dá amor.

Fernando Augusto disse...

A energia tem vários níveis de expressão.

O amor tem vários níveis de expressão.

Deus pode assumir infinitas formas de manifestação.

A forma como praticamos usualmente sexo é o mais baixo nível de êxtase que nos restou. É aquela parte mesma pela qual sobrevivemos, nos reproduzimos e que permite que nos mantenhamos vivos.

E é partir desse êxtase sexual que temos uma vislumbre das possibilidades da consciência se expressando em outros níveis de energia.

Amor é uma palavra perigosa porque distorcida, romantizada.

Palavras aqui em geral são perigosas, mas temos que usá-las.

Transmutar é uma forma de elevar o nosso amor e expandi-lo.

É possível irradiar orgasticamente pelos diferentes chacras. São formas de expressão do amor, da energia, de nossa Shakti.

No intento,

F.A.