A transmutação da energia sexual - 6ª parte

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O caso do homem que se dizendo um antigo alquimista produz, na frente das câmeras de tv, da platéia e dos especialistas, em 1975, na Espanha, a transformação de chumbo em ouro, é algo pouco crível mesmo sendo real.

O impossível como possibilidade é apenas a realização daquilo que não se pensava como tal.

Porque se o homem concebe algo esse algo se torna possível.

Se assim não fosse como ele poderia concebê-lo?

De onde teria vindo aquela idéia?

E quando o impossível se realiza diante dos olhos do homem ele olha mas não vê; ou vê mas esquece; ou não esquece, mas justifica, e volta a dizer:

- Fraude! Isso é impossível.

E a própria ciência realiza o impossível tornando possível aquilo que não se julgava como tal, mas o agora possível - a transmutação dos metais - sai tão caro que o processo não compensa.

O que é isso?

Alquimia, a transmutação do chumbo em ouro.

E se tal é possível como uma operação externa ao corpo do homem também o será com relação ao seu interior.

Mas o que é isso?

A transmutação da energia sexual.

O mais difícil não é transmutar o chumbo em ouro, mas a ignorância preconceituosa em pura ignorância.

"Não sei."

Reconhecer isto é o mais difícil muitas vezes.





4 comentários:

hapahlq disse...

Olá, venho acompanhando o blog a algum tempo e gostaria de elogiar o trabalho de vocês sempre buscando o verdadeiro aprimoramento da consciência, mas fiquei curioso para perguntar como nunca vi nada aqui postado se vocês conhecem o escritor, diretor,Alejandro Jodorowsky? Acredito que ele tem muito a ver com a temática do site especialmente xamanismo da linha do escritor Carlos Castaneda e tarot.Abraço

Fernando Augusto disse...

Olá, Hapahlq!

Eu conheço o nome do autor mas nunca me aprofundei em seus escritos.

Confesso que, sem fanatismos, ao longo dos anos o brilho do Nagual me ofuscou a visão para outras obras. Sua profundidade, o nível de suas vivências e a força do intento que brotava de suas obras sempre teve um poder de artação muito grande para mim.

Mas recentemente comecei a gravitar num vasto vazio, sem me fixar mais tanto no brilho do nagual. Parece que ele agora brilha em mim de uma maneira toda própria.

Volta e meia lembro de uma "voz", uma voz que explodiu em minha mente faz alguns meses. O que ela me disse foi uma referência ao caminho do guerreiro. Vou transcrevê-la aqui em toda a sua simplicidade mas sem conseguir traduzir toda a carga do momento em que ela aconteceu, durante a madrugada, em meio à Natureza e diante da lua cheia:

- Não se esqueça da doutrina poderosa!

No intento,

F.A.

Martyn disse...

RICHARD CHANFRAY (SAINT GERMAIN) ALQUIMISTA - Cuarto milenio Alquimia, el gran secreto (1_3)

http://www.youtube.com/watch?v=0UJwqPE0wEE

Martyn disse...

HERMES TRISMEGISTO - Ensinamentos Herméticos

>>>
http://www.viagemastral.com/gva/viewtopic.php?f=9&t=8234
>>>