Filme: Sidarta

quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Sidarta, baseado na obra de Herman Hesse, tem um sabor especial para mim por ter sido meu livro de cabeceira na adolescência junto com Capitães de Areia, de Jorge Amado e a obra de Monteiro Lobato com seu sítio do Pica-Pau. Fase conturbada onde Recordações da Casa dos Mortos, de Dostoievski, também era outra leitura constante.

O filme não substitui o livro, nem poderia, e permite para quem leu a obra e se identificou com ela rememorá-la e invocar aquele espírito que tocou a quem leu o livro de Hesse. O filme é belo, tem belas cenas, os atores também são muito bons, mas não sei se isso é uma projeção de quem leu o livro e se afeiçoou pela obra. Recomendo para quem leu Sidarta, o filme, e recomendo também para quem não leu, pois abre a possibilidade de compreeder a história do Buda através da visão de um grande escritor, Herman Hesse. Assim o livro também é uma dica preciosa. Filmes interessantes que contam a história de Buda também são "O Buda", disponível aqui no blog e Samsara. Aqui no Pistas ainda temos o documentário excelente "A Vida de Buda". Disponibilizei os links no post.

Interessante é que Kamala, a companheira de Sidarta, parece indicar que Hesse tinha a percepção da importância do feminino na busca da iluminação, coisa que não fica clara na história de Buda, pois tudo parece indicar que ele seguiu com relação ao sexo um caminho ascético.


Formato: RMVB
Tamanho: 270 MB
Duração: 1:22
Áudio: Inglês
Legendas: Português


- Informações do Filme:

Direção: Conrad Rooks
Roteiro: Conrad Rooks, baseado no livro de Hermann Hesse
Produção: Conrad Rooks
Música: Hemanta Mukherjee
Fotografia: Sven Nykvist
Direção de Arte: Malcolm Golding
Figurino: Bhanu Athaiya
Edição: Willy Kemplen


- Elenco:

Shashi Kapoor ... Sidarta
Simi Garewal ... Kamala
Romesh Sharma ... Govinda
Pinchoo Kapoor ... Kamasvami
Zul Vellani ... Vasudeva
Amrik Singh ... Pai de Sidarta
Kunal Kapoor ... Filho de Sidarta
Shanti Hiranand ... Mãe de Sidarta


- Sinopse:

O jovem brâmane Sidarta deixa a casa do pai; tem apenas 18 anos e busca o Nirvana, o estado eterno de paz e equilíbrio. Por anos, torna-se asceta, depois, cansa-se desta vida de jejuns, cânticos e total despojamento e parte para o mundo. Com Kamasvami, aprende os princípios do comércio e a ganhar muito dinheiro; com a bela cortesã Kamala, descobre os segredos do amor carnal. Na busca da verdadeira felicidade, Sidarta segue um caminho tortuoso que o leva das tentações à autocompreensão.

Baseado no famoso livro escrito em 1922 pelo alemão Herman Hesse, que se tornou quase uma bíblia da contracultura em meados dos anos 60, por suas implicações filosóficas na busca do "Eu".


- Links:

http://rapidshare.com/files/314842224/Sdt.HmnHs_by_peculiarman.part1.rar
http://rapidshare.com/files/314863039/Sdt.HmnHs_by_peculiarman.part2.rar
http://rapidshare.com/files/314886310/Sdt.HmnHs_by_peculiarman.part3.rar



O menino que jogava Tarot

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Desde cedo ele aprendeu a jogar Tarot. Tudo começou muito casualmente quando encontrou uma carta no chão da rua. Uma carta incomum, pois não era uma carta de baralho qualquer, mais fácil de ser encontrada, por certo, mas, ainda assim, algo inusitado. Essa era colorida, cheia de detalhes, com símbolos estranhos e que, de alguma forma, o tocaram. A carta se parecia com ele, um jovem com uma estranha mochila que perambulava despreocudamente pelo mundo seguido de um cachorro que parecia brincar com a barra de sua calça. Parecia àquela figura como ele mesmo naquele momento, um garoto gazeteiro com sua mochila de livros que tinha fugido da aula para ir ler na biblioteca, porque lá tinha livros que ele podia escolher, cada um cheio de estórias interessantes. Por que na escola não ensinavam sobre esses livros? Por que a aula era tão chata? Será que era para ninguém aprender, de fato? Por que não podia ser um prazer conhecer? Lá chegando procurou o dicionário para saber-se através de uma palavra, que alguém lhe atribuiu em tom de xingamento. Abriu o dicionário para descobrir-se na palavra gazeteiro.

Gazeteiro, tava lá escrito:

aquele que publica ou redige gazetas; jornalista; que espalha notícias infundadas; mentiroso; noveleiro; que vem de gazetear, deixar de comparecer as aulas para ir passear, vadiar.

Então era isso, ele era um vagabundo das letras, não por que não gostasse de estudar, mas por que não queria estudar aquilo que ensinavam na escola.

Ele também bem que gostava de novelas, mas não sabia que aquela carta anunciava o seu futuro através de seu presente de matar aulas para fugir para biblioteca. Não, ele não se tornaria bibliotecário, mas fez faculdade de comunicação, tornou-se jornalista, mas também não era bem esse o caminho louco que lhe atravessava em forma de carta e marcava o seu destino.

Ele gostava de ler, ele gostava do menino maluquinho do Ziraldo, de certa forma o menino era ele e aquela carta era o menino maluquinho. Bem que sua mãe dizia que ele era doidinho mesmo. Tão doidinho que fez jornalismo. Bem que seu avô um pouco mais tarde lhe diria para fazer uma faculdade séria, uma verdadeira profecia, pois agora qualquer um pode ser jornalista sem faculdade.

(...)

Mais tarde ele veio a descobrir que aquela carta do Tarot, chamada O Louco, era a única sobrevivente dentro do baralho comum das cartas chamadas de Maiores. O Louco era o Curinga e o Curinga podia ser qualquer coisa, assim ele também podia ser qualquer coisa, mas como tinha que escolher uma resolveu escolher ser tarólogo. Mas ser tarólogo era apenas um dos seus talentos, pois o Louco da carta e a carta do Louco lhe diziam que ele como zero não seria um zero à esquerda, seria como nada, e sendo nada poderia ser tudo, qualquer coisa, qualquer profissão. Assim veio a ser muitas coisas, sem prender-se a nenhuma, antes elas, como talentos, é que se prendiam a ele, assim veio a ser professor de filosofia, instrutor de ioga, trocador de ônibus (também conhecido como assessor financeiro automotivo), gerente de livraria, vendedor de tapetes persas, corretor de seguros e de imóveis, consultor de ambientes, garçom, massagista, analista de crédito, ator, escritor, xamã, louco de fato e de direito, neurótico, pai no santo, franciscano sem ordem e por aí vai, ou foi. Uma verdadeira metamorfose ambulante, uma versão de maluco beleza, um espreitador por necessidade e vocação.

Aí ele passou a entender mais e mais o que tinha naquela sacola que o Louco do Tarot carregava pendurada em seu cajado: era todo seu aprendizado, sua bagagem de vida, que figurava num saco que nunca ficava cheio, pois ele tinha a paciência de saber a hora certa de ir-se. Ele aprendeu que paciência não é apenas esperar, é saber o momento certo de andar, de perambular por aí com o seu saco, sem ter nunca que dizer: - Ai, que saco!

E ele aprendeu, a saber, à hora certa de ir embora dos lugares por uma estranha magia do espelho, em que ele se via transformado num velho, envolto num capuz, com um cajado igual ao dele e que portava uma lâmpada em pleno dia. O velho estranho no espelho ia ficando cada vez mais velho e de tão velho se curvava sobre si mesmo e desaparecia, deixando o espelho vazio, sem imagem a refletir, como se ele não mais estivesse ali. Então ele sabia que tinha que partir, porque se ficasse descobririam que ele não tinha mais reflexo e, fatalmente, o tomariam por bruxo, mago, vampiro ou algo do gênero.

Cada partida era ao mesmo tempo um morrer e um renascer, os trapos de sua roupa gasta à medida que seguia seu rumo iam se soltando, como se fossem pele de cobra, e ele ficava por um tempo nu e só, curtindo aquela liberdade de sentir o vento a acariciar-lhe o corpo, parecia que ele entrava nesses momentos num outro mundo, tomado por um círculo de consciência onde ele compreendia a razão de suas últimas experiências, até que pudesse voltar a esta terra e iniciar uma nova aventura entre os seus, os homens.

O amor que reprimimos é a dor que carregamos

domingo, 27 de dezembro de 2009

Alex Collier, conhecido contatado de inteligências andromedanas, aparece bastante tenso nessa palestra feita em 2002, e isto é bastante compreensível, pois ele tangido por uma série de ameças de morte, que incluía, além de sua pessoa, familiares, retira-se por seis anos, até voltar em 2008. Todas as pessoas que chegam para divulgar uma informação que contraria o paradigma vigente caem na rede da moderna inquisição que segue três etapas: ridicularização, negação e contra-informação. E, às vezes, assassinato.

Nessas palestras destaco duas coisas muito interessantes:

1º - O chamado "Disclosure Project" como a prova definitiva da existência de vida extra-terrestre, aliás essas são palavras do contatado Alex Collier.

2º - O discurso final que encerra essas palestras é muito tocante e adequado. Vale à pena lê-lo.

Deixo aqui a parte final, a 14ª parte, para que vocês possam acessar as partes restantes AQUI.

Reportagem da Band sobre Resfriamento Global

sábado, 26 de dezembro de 2009

Pessoal, a internet é uma coisa maravilhosa em termos de romper a estrutura de informações que o sistema quer nos impor. Divulgar informações como essas, debates como esse é um ato fundamental de esclarecimento e abertura das mentes:


O que está acontecendo com o blogger?

Vejam aqui:


A farsa do aquecimento global

Debate na Rede Bandeirantes sobre a polêmica questão do clima, conferência de Copenhagen. É muito interessante ver como os especialistas tem posições bem diferentes. Quando cientistas tem posições tão diferentes sobre a questão do clima isso deve resultar numa posição muito prudente antes de fechar questão para qualquer dos lados, pois a manipulação impera. Contudo, confesso, nutro uma natural predileção pelo discurso do contra, não por ser do contra, mas como já dizia Nelson Rodrigues: toda a unanimidade é burra.  Acho que uma mídia e um jornalismo decente deveriam sempre apresentar todos os lados da questão e provocar o debate público.



*

História Galática, por Alex Collier

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

http://www.bibliotecapleyades.net/esp_andromedacom.htm



As outras partes podem ser encontradas no canal http://www.youtube.com/user/excretandote ou no link acima.

Dica de site importante

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

NUEVO ORDEN MUNDIAL - http://www.bibliotecapleyades.net/esp_sociopol_nwo.htm


Muchos de los estados actuales se autodenominan "democracias": gobierno en el que el pueblo es soberano.

Sin embargo, la soberanía del pueblo se limita a marcar, cada pocos años, una cruz en una papeleta, señalando unos nombres de entre otros, que le son propuestos. Nos han hecho creer que la democracia es ese simple gesto.

Nuestro sistema, NO ES UNA DEMOCRACIA. Es un sistema social de jerarquía global, sostenido por una minoría para dominar a una mayoría.


En
esta
jerarquía, unos
pocos, situados en
la cima de la Pirámide
del Poder, imponen sus leyes.
Se arrogan unos derechos que nos han
usurpado a todos los demás. Son los grandes
capos de la banca y la industria. Han acaparado más dinero
que nadie, y a través de él ejercen el control sobre seres humanos y recursos


Se valen de los gobiernos ("democráticos" o "dictatoriales", de "derechas" o de "izquierdas"), que les sirven, y con quiénes comparten porciones del poder. Los gobiernos son los asalariados directos de la gran banca y la industria multinacional.


Las autoridades son un artificio pensado para responder a necesidades creadas artificialmente: seguridad y protección. Son una herramienta de usurpación del poder por parte de las multinacionales. Son el biombo tras el cual la industria mueve los hilos.

Por debajo de los gobiernos, las instituciones se disputan las porciones de poder que les son concedidas.
Políticas Nos comprometen en guerras que nosotros no deseamos. Establecen alianzas o apoyan embargos a otras naciones, sin tenernos en cuenta.

Legislativas

Nos imponen leyes para controlarnos y pagan a jueces para condenarnos.


Sanitarias

Nos niegan el poder de decidir los tratamientos que queremos para mantener nuestra salud. Nos intoxican con las vacunaciones a las que nos obligan a someternos; nos mutilan con supuestas cirugías preventivas y nos envenenan y exterminan con pseudo-medicamentos.


Educacionales

Nos educan para que seamos sumisos, para que tengamos miedo. Nos inculcan la creencia de la desigualdad, que es la base sobre la que han conseguido sus privilegios. Controlan la investigación científica a partir del dinero que aportan en subvenciones, y no tienen empacho en censurar o falsificar los resultados según su conveniencia.


Policiales

Instalan sistemas electrónicos para vigilarnos (inculcándonos la creencia de que es para nuestra seguridad y protección). Pagan a policías para detenernos.


Mediáticas

Controlan los medios de comunicación más importantes, y a través de los mismos crean una falsa realidad que actúa como cortina de humo para que no podamos ser conscientes de sus manipulaciones.

Para llevar a cabo su agenda de control, la Cima del Poder lleva adelante su Plan Secreto. A eso se le llama CONSPIRACIÓN o COMPLOT. Ya que el plan es secreto, no podemos conocerlo. Pero vemos sus resultados.

Y la mejor manera de desmontar un complot es exponer esos resultados a la luz del día.

A fuerza de repetírnoslo, hemos acabado creyendo que no tenemos ningún poder para cambiar nada. Pero somos nosotros quiénes pagamos el salario de nuestras autoridades. Nosotros, quiénes hemos depositado nuestra autoridad individual en manos ajenas, y hemos permitido el desarrollo y mantenimiento de los gobiernos que tenemos. Tienen la autoridad que nosotros queremos darles.

Nosotros podemos vivir sin ellos. Ellos no pueden vivir sin nosotros...

Documentário: E se Einstein tivesse sido bom aluno?

Einstein é praticamente uma marca, uma marca de genialidade. E mesmo após 100 anos parece que ninguém o igualou. Talvez. Me surge agora o nome de Nicola Tesla. Assistir esse documentário sobre a biografia de Einstein é refletir sobre a diferença e como ela pode ser compreendida. Se não fosse por um homem - Max Planck - o gênio de Einstein nunca seria revelado, ficaria perdido num escritório de patentes. Mesmo hoje a nova Física que ele ajudou a parir é muito pouco compreendida, mesmo pelas pessoas que possuem certo nível cultural e intelectual. Temos mais de um século de uma revolução no pensamento e isso ainda é pouco entendido pela maioria. Nas escolas até hoje se ensinam paradigmas superados como se fossem verdades incontestáveis.

Uma das coisas que essa biografia revela é simplesmente espantosa: se Einstein não tivesse ido trabalhar num escritório de patentes e tivesse ficado à sombra, na assistência de algum professor ou cientista, nunca teria tido espaço para imaginar seu conceito de luz, de fóton, a teoria especial da relatividade e depois a teoria geral da relatividade.

Graças a Deus Einstein foi praticamente menosprezado e rechaçado nas escolas e faculdades, e assim seu gênio pode manifestar-se livremente. Isso nos faz pensar que as escolas são instrumentos sabotadores do verdadeiro pensar. Agradeço todas as vezes que tive coragem de matar as aulas para ir estudar por conta própria na biblioteca! E se Einstein tivesse sido um aluno exemplar? Provavelmente não teria sido Einstein.

parte 1 / parte 2 / parte 3 / parte 4 / parte 5 / parte 6 parte 7 / parte 8 / parte 9

A Bíblia e os Extraterrestres

domingo, 20 de dezembro de 2009

A Bíblia é um livro muito curioso.

No salmo 82 diz que todos somos deuses e em João 14 reconhece a existência de vida alienígena:

2 Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vô-lo teria dito; vou preparar-vos lugar.

Aliás, se analisarmos direitinho, o conceito mesmo de Deus é alienígena.

Então deduz-se dessas premissas que somos divinos alienígenas, disfarçados e esquecidos em nossa condição humana e barrenta.

F.A.

Tudo já foi dito

Sim, tudo já foi dito.
Basta agora continuar repetindo.
Não para que me ouçam.
Mas para que eu me lembre.

F.A.

Alerta! A notícia que você não viu

sábado, 19 de dezembro de 2009

Teoria da Conspiração é um termo forjado pela mídia corporativa para desacreditar todas as notícias que ela mesmo censura para atender os interesses de sua corporação. Se hoje você liga a TV depois de muito tempo sem ver você toma um susto enorme devido ao grau de mediocridade existente, e mesmo que você tenha TV a cabo isso não passa de um lixo mais sofisticado para distrair a sua mente. Se você é de fato espiritualizado desligue a TV. Se você de fato busca um despertar espiritual aproveite o tempo que você gastaria vendo TV para meditar, para analisar sua vida, para fazer uma recapitulaçao, para cuidar da sua saúde física, emocional e mental. TV é lixo, é poluição, é dominação. As notícias são todas filtradas e manipuladas, não importa se é TV Globo ou a Record ou TV a cabo, no fundo, é tudo farinha do mesmo saco. O pior cego é o que vê TV, mas se você é um viciado nessa droga lembre-se que você não tem nenhuma moral para falar do vício dos outros, pois o pior cego é aquele que vê tv.



Deus, o Universo e todo o resto

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Artur C. Clark, Stephen Hawking e Carl Sagan numa entrevista do século passado discutindo sobre buracos negros, a mente de Deus, a teoria de tudo e os alienígenas. É engraçado falar em século passado porque tais assuntos para a mente comum ainda pertencem ao futuro ou a ficção, o que dá no mesmo (risos). Daí o valor de ainda colocar essa entrevista disponível. Os novos paradigmas que surgiram no início do século passado com Einstein, Heisenberg, Max Planck e outros ainda são completamente desconcertantes para a mente comum.

É muito interessante ver Hawking falando através de um aparelho que lembra o Darth Vader do filme Guerra nas Estrelas e ver que apesar de sua doença degenerativa manifesta o humor próprio das pessoas muito inteligentes, apesar de na conversa ter sido responsável pela pergunta mais ingênua:

- Se existem vida alienígena inteligente por que ainda não fizeram contato conosco?

Seguem os links, que são uma gentileza da Déia:


Tamanho: 742.87mb
Duração: 51 minutos
Idioma: Inglês, legendas em português
Formato: avi
Download via Rapidshare

parte 01

parte 02

parte 03

parte 04

parte 05

parte 06

parte 07

parte 08

Nova Ordem Mundial, Nibiru e Auto-Responsabilidade

Pessoal, dando continuidade a entrevista mais recente do Alex Collier com mais uma tradução do Canal Deusmihifortis.





Samael e a Transmutação Sexual

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Samael foi um dos primeiros homens a falar publicamente sobre a transmutação da energia sexual. Parece que chegou a ser preso pelos idos de 1950, acusado de atentado ao pudor, por falar abertamente sobre tal assunto. Mesmo falando de forma séria, formal e com um estilo todo próprio, um dos homens que revelou publicamente a transmutação sexual foi preso. Que coisa! Eis aqui uma curtíssima fala de Samael, em espanhol:



Nova entrevista de Alex Collier

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

O que mais gosto em Alex Collier é sua simplicidade, sua humanidade, sua franqueza e sua honestidade. Podem perguntar:

- Mas como você sabe que ele é honesto?

Não sei, eu sinto. Além do mais os assuntos que ela aborda me remetem para direções e novas informações que vão numa teia sincrônica criando um painel em mim de conhecimentos que se confirmam e abrem novos insights.

Eis aí mais uma excelente tradução do canal, do Youtube, Deusmihifortis. O restante pode ser encontrado no canal espanhol, também excelente, ShinyDemise.

parte2



parte 3



parte 4

A Consciência Feminina: uma mensagem para o mundo

sábado, 12 de dezembro de 2009

Richard Hoagland e as ruínas na Lua

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009



Funcionário demitido da NASA revela coisas incríveis.

02 de novembro de 2007

Tradução: Milton Dino Frank Junior

O ex-gerente de Dados e do Departamento de Controle de Fotografia do Laboratório Receptor Lunar da Nasa durante o Programa Lunar tripulado Apollo, Ken Johnston, liberou totalmente recentemente várias declarações sensacionais nos EUA. O especialista disse que os astronautas norte-americanos acharam ruínas antigas de origem artificial e uma tecnologia previamente desconhecida para controlar a gravitação quando a missão pousou na Lua. Os astronautas tiraram fotos dos objetos que eles acharam, mas a NASA ordenou que Johnston destruísse as imagens. Johnston não seguiu a ordem. Ele disse que o governo norte-americano estava mantendo esta informação um segredo durante 40 anos.

As alegações assustadoras de Johnston sobre a missão Apollo apareceram recentemente em um novo livro chamado "Dark Mission: the Secret History of NASA", (A Missão Escura: a História Secreta da NASA) de co-autoria com o consultor da NASA e Conselheiro científico da CBS, Richard C. Hoagland e Mike Bara, um consultor de engenharia aeroespacial. De acordo com Kay Ferrari, Diretor da JPL do Programa SSA (em um telefonema para Johnston semana passada), foi Johnston que era citado como crítico da NASA no livro novo de Hoagland, "Dark Mission" (Missão Escura), isso a incitou pedir a resignação de Johnston do Programa SSA. Quando Johnston se recusou, citando primeiro as proteções da Emenda de liberdade de expressão a disposição de todos os empregados da NASA, até mesmo aos que pertencem a JPL, Ferrari decidiu removê-lo arbitrariamente do Programa SSA esta semana sem uma real causa aparente.

As fotos de baixa qualidade que estão no livro mostram ruínas de edifícios, uma enorme cúpula como se fossem objetos feitos de vidro, torres de pedra e castelos pendurados no ar.

"Não tenho nada que perder. Briguei com a NASA e fui despedido", Ken Johnston disse.

Realmente, a NASA acredita que as alegações sobre a civilização antiga achada na Lua não são sérias. Os autores do livro controverso também dizem que o presidente John F. Kennedy que lançou a corrida lunar com a União soviética realmente pretendia compartilhar tecnologias extraterrestres com Moscou. Fazendo um discurso nas Organizações das Nações Unidas em setembro de 1963, Kennedy ofereceu supostamente para a URSS para organizar uma missão em conjunto à Lua.

Richard Hoagland acredita que o interesse de Washington na exploração de Lua que apareceu de repente depois de 30 anos de silêncio está baseado nos achados lunares que o governo norte-americano tem mantido em segredo durante 40 anos. Rússia, China, Japão e até mesmo a Índia anunciaram publicamente os seus planos para trabalhar na exploração da Lua. O EUA, Hoagland disse, quer ser neste momento o primeiro.

Em dezembro a NASA anunciou planos para construir para uma base internacional em um dos pólos da Lua. A base será terminada antes de 2024. O fabricante de foguete de lançamento da Rússia, Energia, tem um programa mais ambicioso: construir uma base tripulada permanente na Lua antes de 2015.

A Rússia diz que a base será construída para desenvolver a produção industrial de hélio-3. Especialistas norte-americanos preferem não dizer nada específico sobre assunto. Para coroar tudo isso, a China lançou seu primeiro satélite à Lua no dia 24 de outubro. A China também pretende lançar uma base lunar e uma sonda espacial não tripulada à Lua antes de 2010.

Isótopo não radioativo do hélio, o hélio-3, é um combustível poderoso para a síntese nuclear. Só seis toneladas deste combustível proveriam energia suficiente para abastecer um grande país europeu durante um ano. A qualidade do gás (produção livre de poluição e rendimento muito alto) faz com que muitos países tratem esta perspectiva com a maior seriedade possível. A Alemanha, Índia e China conduzem vários trabalhos de pesquisa para desenvolver métodos de extração de hélio-3.

Hoagland e Johnston também pretendem provar que a NASA age virtualmente como outro departamento de defesa dos Estados Unidos, intitulado para classificar importantes informações técnicas e científicas sem o controle do congresso americano.

Hoagland disse que os astronautas americanos poderiam entregar amostras de tecnologias extraterrestres secretamente da Lua para a Terra. As tecnologias, o cientista diz, empurram todas as nações líderes do mundo para uma nova corrida lunar. "Ao contrário da corrida espacial anterior entre a URSS e o EUA, esta nova determinará a vida de todo ser humano na Terra", disse Hoagland.

Hoagland e Johnston acham que os EUA intensificarão deliberadamente os lançamentos do ônibus espacial para fechar o programa à frente cronograma inicial que utilizará uma nova espaçonave Constellation, que permitirá os EUA pousar novamente na Lua.

Richard Hoagland diz que a NASA esconde vários outros segredos, inclusive a descoberta de micróbios na superfície de Marte. A descoberta foi feita supostamente através da sonda espacial não tripulada Viking em 1976.

Oxum e os Guerreiros

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Homenagem à Divindade que em sua generosidade assume tantas formas e nomes no Templo da Natureza que perpassando tudo e todos vem a habitar também nos rios do mundo e em nossos corações.

Deus me livre de ser normal: Hermógenes





PARTE 3

PARTE 4

PARTE 5

PARTE 6

Vai um baseado aí?

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Engraçado, durante todo o século xx o sistema fez campanha contra a maconha e agora estão querendo liberar. Veja a campanha da Globo, e depois veja o 2º vídeo, que mostra os males da maconha através de um jovem inglês. A Globo vai manipulando a mente do público ao sabor das circunstâncias. Num momento é droga, em outro é medicina. Aí tem truta. Certamente vão querer cobrar muitos impostos em cima da Cannabis, caso legalizem, para financiar as maracutaias de sempre e, também, devem estar armando outra coisa por trás desse circo só para distrair a já tão distraída rapaziada. Se liguem! Interessante que um vídeo da Globo Vídeo sobre os males da maconha foi tirado do ar...vejam (ou não) AQUI.

Eu sou radicalmente contra as drogas, mas não acho que "maconha" seja droga. É apenas uma planta. Droga é algo criado pelo homem para manipular e escravizar você e eu. Exemplo: Rede Globo.

Acho que álcool, cocaína e rede globo, sim, tem tudo a ver. Tudo a ver com drogas. Aliás, a programação das outras redes de tv, também.

Abaixo os vídeos que indicam o discurso duplo da mídia.



Bob Dean: ETs e medo

As imagens falam por si só

domingo, 6 de dezembro de 2009

Mensageiros do Amanhecer

A consciência como alimento

Os deuses criadores, os novos proprietários da Terra (predadores reptilianos), também eram mestres geneticistas. Eles sabiam criar vida e queriam este território para seus objetivos particulares. Terri tórios são criados e mantidos por determinadas energias por muitas razões, uma delas é para que haja consciência dentro de todas as coisas. A consciência se comunica continuamente. Ela vibra ou pode ser induzida a vibrar, a uma determinada freqüência ele tromagnética.

As energias eletromagnéticas da consciência podem ser influenciadas a vibrar de uma certa forma para criar uma fonte de alimento. Da mesma forma que uma maçã pode ser preparada e comida de várias maneiras também a cons ciência pode ser preparada e ingerida de maneiras diferentes. Algumas entidades, no processo de sua própria evolução começaram a descobrir que se criassem vida e consciência nas coisas através da modulação das freqüências das formas de consciência, conseguiriam alimentar-se; conseguiriam manter suas baterias carregadas.

Elas começarão a perceber que o Criador Primordial se alimenta dessa maneira. O Criador Primordial envia entidades para criarem freqüências eletromagnéticas de consciência como fontes de alimentos para si próprio. Os novos proprietários deste planeta tinham apetites e preferências diferentes dos antigos proprietários, nutriam-se de caos e de medo. Isto os alimentava, os estimulava e os mantinha no poder. Estes novos proprietários que aqui chegaram a 300.000 anos eram os seres magnificentes citados na Bíblia, nas tabuas da Suméria e da Babilônia e em textos espalhados por todo o mundo. Eles refizeram as espécies nativas humanas.

Refizeram o seu DNA, para que elas passassem a vibrar dentro de uma faixa limitada de frequência, uma frequência que os ali mentasse e os mantivesse no poder. O ser humano original era um ser magnificente que pos suía doze fitas de DNA, contribuição de várias civilizações sencientes. Quando os novos proprietários chegaram, traba lharam em seus laboratórios e criaram versões humanas com o DNA diferente - duas fitas, a dupla-hélice de DNA. Eles to maram o DNA original da espécie humana e o desmontaram.

(...)

Este planeta tem sido constantemente visitado e muitas formas di ferentes de seres humanos foram semeadas aqui através de grande variedade de experiências. Houve muitos fatores que influenciaram o curso da história na Terra. Durante milhões de anos, existiram neste planeta civilizações que vieram e se foram sem deixar vestígio. Todas estas civilizações, assim como a vossa história, foram influenciadas por inúmeros seres luminosos que vocês denominaram Deus.

Na Bíblia, muitos destes seres foram combinados passando a representar um ser, quando não eram de jeito nenhum um único ser mas uma combinação de várias energias luminosas extraterrestres muito poderosas. Eram, sem dúvida, energias majestosas vistas sob nossa perspectiva, e é fácil compreender porque foram adoradas e glorificadas. Não há literatura na Terra que apresente um retrato verdadeiro destes seres. Todos os deuses vieram aqui para aprender e acelerar o seu próprio desenvolvimento através do trabalho com criatividade, consciência e energia.

Alguns foram bem sucedidos e aprenderam suas lições, enquanto outros cometeram erros devastadores. Quem eram estes deuses da antiguidade? Eram seres capazes de modificar a realidade e comandar os espíritos da Natureza segundo a sua vontade. Os humanos tradicional mente chamam de Deus seres capazes de fazer o que eles não conseguem. Estes -seres passaram por antigas culturas de varias sociedades, retratados como criaturas aladas e bolas de luz. Este mundo é permeado de pistas, indícios e artefatos que indi cam quem eram os seus deuses.

Contudo aqueles que desejavam manipular os humanos inventaram suas próprias historias criando paradigmas para os poderem controlar. Disseram-lhes que estes seres eram deuses verdadeiros e vocês foram ensinados a cultuá-los, adorá-los e obedecê-los Este paradigma está agora na eminência de sofrer uma mudança gi gantesca. A verdade aparecerá, uma verdade que mudara completamente a maneira como vêem o mundo. Pobres da queles que não quiserem enxergar. As reverberações do cho que atingirão todo o mundo.

Os deuses criadores que têm governado este planeta possuem a capacidade de assumir a forma física, embora na maior parte do tempo existam em outras dimensões Eles mantêm a Terra numa determinada frequência vibracional criando traumas emocionais para se alimentar. Existem seres que honram a vida acima de tudo, e seres que não respeitam a vida nem compreendem a ligação que têm com ela.

Consciência alimenta consciência. Não é fácil entenderem este conceito, porque vocês se alimentam de comida. A comida para alguns seres, é a consciência. Toda a comida contém consciência em algum ponto do seu próprio desenvolvimento, quer você a frite, cozinhe ou colha da horta; você a ingere para manter-se nutrido. As vossas emoções são alimento para outros seres. Quando vocês são controlados para gerarem de vastação e fúria, estão criando uma freqüência vibracional que sustenta a existência destes outros seres, porque é disso que eles se nutrem. Existem seres que vivem da vibração do amor, e esse grupo gostaria de restabelecer o alimento do amor neste planeta.

Download do livro AQUI!

Uma curiosidade entre o Apocalipse e Alex Collier

Apocalipse12:4

"e o dragão parou diante da mulher que estava para dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe devorasse o filho."



Essa fala de Alex Collier é de 1994. Considerem duas possibilidades:

1ª - é a mais pura "viagem". Então podes dormir tranqüilo e dares boas risadas enquanto assistes ao programa de TV.

2ª - é verdade. Se assim for, vou quase parafrasear Jesus quando disse, a verdade vos libertará, para dizer que, antes, ela, a verdade, vos aterrorizará.

Revelações de um xamã: Credo Mutwa

sábado, 5 de dezembro de 2009

"Escuta aqui, idiota! Existem muito mais coisas nesse mundo do que você acredita".

É com essa frase, nem tão sutil quanto Shakespeare (Há mais coisas entre o céu e terra...), que o xamã zulu Credo Mutwa expressa sua compaixão implacável pelo mundo ao fazer as revelações que faz a David Icke. Já postamos esta entrevista aqui, fazemos agora em forma de vídeo, com legendas traduzidas pelo canal do youtube Deusmihifortis.

Numa rede de consciência e revelação o xamã Credo Mutwa une-se ao xamã Carlos Castaneda, a canalizadora Bárbara Marciniak, ao canalizador Alex Collier, ao pesquisador David Ickie e a tantos outros para, apesar das diferenças eventuais, indicar um fato básico: a existência de uma forma de vida que ocupa o topo da cadeia alimentar, e que não é humana, antes, se alimenta de nós, não só a nível energético, mas também fisicamente. Não é mais tempo de esconder fatos como esses, nem de temer ser taxado de maluco, ridículo, crente ou ingênuo. Sobre o carnivorismo de humanos por partes de reptilianos, vejam este e o próximo post.

Para muitos isso é difícil de engolir, para os reptilianos não, eles tem saboreado nossa energia e sangue faz muito tempo com prazer.

Quando Sócrates bebeu cicuta e Jesus, na cruz, vinagre para matar a sede, a verdade deixou de ser uma coisa saborosa ou confortável. Como disse Morpheus, a Neo, no filme Matrix, ao escolher a pílula vermelha: - Lembre-se, eu lhe prometi apenas a verdade.

O anel de poder: a revelação da farsa do 11-9

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Continuam os questionamentos ao que de fato ocorreu no 11 de setembro de 2001, as contradições são inúmeras, as perguntas sem respostas são tantas que só faz a pressão aumentar sobre o governo estadunidense. Essa série de vídeos legendados pela canal do youtube Deusmihifortis revela com detalhes, perguntas precisas e riqueza de dados a farsa do 11 de setembro e quem ganhou com o atentado. Assistam as outras partes no canal indicado a medida em que forem legendadas, pois eles irão desaguar em algo muito maior ainda, revelando quem de fato está por trás de eventos trágicos como 0 11-9.

Revelada a farsa do aquecimento global

A 2ª besta do Apocalipse (a ciência moderna), como prostituta vendida à 1ª besta (o governo dentro do governo dos EUA), tem seu véu de mentira rasgado por hackers que invadiram os computadores de uma Universidade inglesa em busca das informações reais sobre as condições do clima no mundo. O nome do escândalo é Climategate. Veja os vídeos, pois isso ainda não passou na sua TV e, se ainda não tiver visto, assista ao documentário A Grande Farsa do Aquecimento Global.

Veja também, em inglês: http://wattsupwiththat.com/climategate/

Os dados foram hackeados daqui: http://www.cru.uea.ac.uk/






A glândula pineal e seu simbolismo, por David Wilcock

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Glândula pineal, o simbolismo da pinha nas diversas tradições, DMT, projeto Looking Glass e muito mais nessa palestra de David Wilcock. Disponibilizamos aqui apenas 3 das 12 partes, em espanhol. Inclusive na 4ª parte dessa conferência David W. cita Dan Burisch, o microbiológo de MJ-12. Cita seus relatos sobre sequestro de DNA humano por aliens e viagens no tempo ao fazer um paralelo com o filme Mimzy, a chave do Universo. Isso pode parecer pura "viagem", mas não é. O que ocorre é que nos mantiveram durante muito tempo presos numa "solitária" perceptiva, num enquadramento mental muito estreito, e quando tudo vier à tona, e está vindo, muita gente não vai suportar o choque, e vai pirar. Até por isso, aqui e ali fragmentos da informação vão sendo liberados para que possamos ir nos adaptando para aquilo que já anda (e corre) em processo: uma percepção muito mais vasta da realidade e de nós mesmos.

Aqui vale o aviso de sempre: filtrar as informações, separar o joio do trigo. Não é por que lemos num blog ou assistimos uma conferência dada no Hilton que vamos aceitar passivamente a informação, o desafio é filtrá-la, criticá-la e ao alcançarmos verdadeira percepção.

Sinto cada vez mais as coisas se acelerando, cada vez mais. É como se o tempo encurtasse e também divisássemos o infinito. Nossa noção de tempo está se alterando, o que significa que a nossa estrutura perceptiva também. Isso pode gerar ansiedade. Procure o seu foco, o seu centro, faça uma coisa de cada vez. As informações estão aí e chegando cada vez mais. Há uma guerra de informação pela sua mente e precisamos aprender a selecionar aquilo que importa ao mesmo tempo em que cuidamos de nós, de nosso corpo, coração e mente. Cuidem-se. Aproveitem e dêem uma (re)olhada na palestra do Dr. Sérgio Felipe, sobre glândula pineal





Um homem que era o super-homem

Filmaço! Belo, simples, engraçado, emocionante. Produção coreana de extrema sensibilidade que desperta em nós o herói de verdade, e, de quebra, nos permite uma reflexão sobre os mecanismos de fuga que usamos quando vestimos a máscara de certos personagens. Há para todos nós que seguimos um caminho por demais desafiante, tal como o caminho do guerreiro, o constante risco de cairmos na armadilha do escapismo, por isso necessitamos antes nos resolvermos como "apenas humanos".

Interessante que o filme, de 2008, é baseado num caso real! A trama toda gira em torno de uma jornalista que cansada da vida que leva resolve abandonar tudo até que se depara com o super-homem, seu vizinho, um homem que de forma anormal busca ajudar a todos.





Gênero: Comédia/Drama
Origem/Ano: KRW / 2008
Formato: rmvb
Áudio: Coreano
Legendas: Português/BR (embutidas)
Qualidade: DVDrip
Duração: 102 min
Tamanho: 386 MB


O que é The Disclosure Project

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Apocalipse significa REVELAÇÃO, não significa fim.

Disclosure Project é uma iniciativa que surgiu da reunião de mais de 400 testemunhas idôneas, sendo várias dezenas de profissionais de Inteligência, Defesa e Ciência, de várias áreas do governo americano e de empresas a ele ligadas ou não. De acordo com o porta-voz e diretor da organização, o médico Steven Greer, desde a coletiva de imprensa realizada em 9 de maio de 2001, muito mais gente tem se reunido a seu movimento. Mas ao mesmo tempo, ele teme que medidas também estejam sendo tomadas para a destruição de provas e para desviar a atenção (vide 11/09) do que realmente importa. Para ele, o que começou, em meados da década de 40, como uma operação de acobertamento de fatos que pudessem desestabilizar a sociedade evoluiu para uma “elite” que governa secretamente tudo o que é relacionado com contatos, tecnologia e, por que não dizer, diplomacia extra-terrestre. O que mais chama a atenção é a forma como tal conspiração flui naturalmente, sem a necessidade de grandes esforços para que a verdade se mantenha escondida.

A maior parte do conteúdo realmente interessante sobre o assunto disponível na net é um DVD de duas horas, com os testemunhos mais impressionantes e a coletiva à imprensa de 2001, ambos devidamente ripados e postados no Youtube e no Google Video. Achei muito pouco material traduzido, nada de transcrições e muito menos legendas. Então postarei aqui os depoimentos das 20 primeiras testemunhas (incluindo o próprio Dr. Greer), com breves resumos baseados no que achei em um blog em inglês. Estes depoimentos são curtos e sucintos, pois foi apenas a coletiva de “batismo” do projeto. O DVD de duas horas traz estas mesmas testemunhas e mais outras, que detalham suas experiências em pormenores surpreendentes. Todo esse material, repito, está no Youtube e no Google Vídeo de forma integral, apenas não está traduzido (agora já está, vejam os links entre os testemunhos).

Vídeo completo em espanhol:

http://video.google.com/videoplay?docid=-2425164651672376306

1ª Testemunha: John Callahan, da divisão de Investigações e Acidentes da FAA, a Infraero dos EUA

Relata um incidente no Japão, em 18 de novembro de 1986, quando foram gravados, pela primeira vez, dados de um avistamento por radar de um OVNI. Callahan chegou a entregar um relatório à FAA, com gravações das vozes dos controladores e pilotos, vídeo gravado durante o contato e os dados de telemetria do rastreamento do OVNI. Mas tomou o cuidado (ou correu o risco) de preservar os originais.

http://www.youtube.com/watch?v=RTpEVtd-NOE

2ª Testemunha: Tenente-Coronel Charles Brown, que chefiou o Departamento de Investigações Especiais da Força Aérea, conhecido como Projeto Grudge, em 1949 (anterior ao Blue Book)

Afirma que muitas das aparições de OVNI’s com as quais lidou tiveram, ao contrário do que foi declarado, confirmação de contato visual e por radar, tanto em terra como em vôo.

http://www.youtube.com/watch?v=Of_CDSjDj9Q

3ª Testemunha: Michael Smith, controlador de tráfego aéreo da Força Aérea americana entre 1967 e 1973, em Klamath Falls, Oregon.

O primeiro incidente que ele descreve ocorreu no começo de 1970, quando chegou para trabalhar e encontrou seus colegas assistindo a um OVNI no radar. O objeto surgiu a 80.000 pés, desceu abaixo do nível do radar para reaparecer, 200 milhas adiante, de volta aos 80.000 pés, manobra que repetiu várias vezes seguidas. Quando contatou o NORAD, lhe foi ordenado que nunca escrevesse nada em nenhum relatório sobre OVNI’s e que qualquer avistamento deveria ser tratado em need to know basis* (ou seja, fica só entre nós). Pouco tempo depois, foi avisado pelo NORAD que um OVNI viria em sua direção a partir da costa da Califórnia. Intrigado, perguntou o que eles queriam que ele fizesse, ao que eles responderam – Nada. Era apenas para avisar quem tinha que saber.**need to know é um procedimento de segurança de informação, onde a mesma é acessível apenas a quem “precisa saber”, e inacessível mesmo a quem tem o direito, legal, oficial, burocrático ou o que seja, de acessá-la.

Em 1972, enquanto em St. Marie, Michigan, com o 753º Esquadrão de Radar, Michael recebeu ligações dos policiais locais em pânico, que estavam em perseguição a três OVNI’S. Tendo se confirmado da presença dos objetos em sua tela de radar, notificou o NORAD, que desviou dois B-52’s das redondezas para evitar problemas de proximidade. Foi então ordenado que respondesse à polícia que não via nada no radar.

4ª Testemunha: Enrique Kolbeck, controlador de tráfego aéreo mexicano

O primeiro incidente a que ele se refere foi uma confirmação por radar, em 4 de março de 1992, de 15 objetos 50 milhas a oeste do aeroporto de Toluca. A seguir, ele prossegue relatando que duas quase-colisões com OVNI’s ocorreram. A primeira em 28 de julho de 1994, às 22:20h, envolvendo o vôo 129 para o México. O segundo, apenas uma semana depois, envolvendo o vôo 904 para o México às 11:30. Ambos incidentes foram detectados pelo radar. Finalmente, desta vez com um novo equipamento de radar, em 15 de setembro de 1994, um objeto foi avistado estacionário por 5 horas! Esta era uma ocorrência bem estranha, e o equipamento foi checado. Não foram encontradas falhas. No dia seguinte, o avistamento foi relatado por numerosas pessoas ao sudeste do aeroporto de Toluca, na cidade de Metepec: um disco de 15 metros de diâmetro.

5ª Testemunha: Comandante Graham Bethune, Marinha Americana (aposentado, falecido recentemente).

Relata um incidente de grandes proporções que aconteceu em 10 de fevereiro de 1951. Voando de Keflevic, Islândia, para Argentia, em Newfoundland, à noite e a aprox. 310 milhas antes de Argentia, sua tripulação relatou luzes na água, como um cidade. Essas luzes desapareceram e então um disco voou a partir do local das luzes e passou a interagir com o avião que o Comandante Bethune pilotava. Ele explica que vários dos equipamentos do avião foram afetados pela aeronave em foram de disco, que foi captada no radar com velocidade acima de 1.800 milhas por hora. Além da tripulação, os 31 passageiros do avião testemunharam o evento, sobre o qual o Comandante produziu um relatório de 18 páginas para a Marinha e a Força Aérea.


6ª Testemunha: Dan Willis, Marinha dos Estados Unidos

Declara que trabalhou na “Code Room” (sala de código) da estação de Comunicações Navais em San Francisco. Em 1969, recebeu uma mensagem prioritária de um navio perto do Alaska, classificada como top secret. O navio relatou a emergência, do oceano, de um objeto elíptico, que brilhava em laranja-avermelhado, com aprox. 70ft de diâmetro (20m), o qual foi rastreado pelo radar viajando a mais de 7.000 milhas por hora. Anos depois, enquanto trabalhava em San Diego, um colega que já tinha trabalhado no NORAD notou objetos nas telas de radar saindo da escala, fazendo viradas de 90°. Quando levou isso a seu supervisor, esse disse que “foi só uma visita dos nossos amiguinhos”.

7ª Testemunha: Don Philips, ex-empregado da Lockheed Skunkworks e ex-contratante da CIA

Descreve um incidente perto da Área 51, onde 6 ou 7 OVNI’s se exibiram sobre a base. Voando a velocidades de 2.400 a 3.800 milhas por hora, parando subitamente e voando em ângulos agudos, os objetos depois formaram um círculo, que entrou em rotação acelerada até se unir em um ponto e sumir. O evento foi registrado por radar.

8ª Testemunha: Capitão Robert Salas, Força Aérea dos Estados Unidos

Em 16 de março de 1967, na base da Força Aérea de Malmstrom, em Montana, Salas era o Oficial de Lançamento de Mísseis. Um guarda de segurança o telefonou e falou sobre estranhas luzes no céu. Mais tarde, recebeu outra chamada, dizendo que havia um OVNI pairando sobre o portão frontal. Quando Robert Salas ligou para seu supervisor para notifica-lo da situação, os mísseis sob seu comando começaram a ser desativados, entrando em modo de não-lançamento. Ele perdeu de 6 a 8 mísseis naquele dia e a base de lançamento Echo Flight perdeu todos seus dez mísseis sob circunstâncias similares. Depois, descobriu que algo semelhante ocorrera em Minot, North Dakota, que em agosto de 1966 experimentara eventos similares, com aparições de OVNI’s sobre silos de mísseis.

9ª Testemunha: Tentente-Coronel Dwynne Amesson, Força Aérea dos Estados Unidos

Em seu testemunho, Amesson relata três experiências relacionadas a OVNI’s. Primeiro, enquanto trabalhava na base da USAF de Ramstein, na Alemanha, no começo da década de 60. A cargo do Centro de Criptografia, leu uma mensagem que dizia que um OVNI havia caído na ilha de Spitzberg, na Noruega, e que um time de cientistas estava a caminho para investigar o acidente. Depois, quando lotado na 28ª Divisão Aérea de Great Falls, Montana, a cargo das comunicações, recebeu uma mensagem confirmando o problema de Robert Salas com o silo de mísseis. Finalmente, quando Comandante de uma unidade na mesma base, guardas de segurança da base de Loren relataram o avistamento de OVNI’s perto de instalações de armamento nuclear.

10ª Testemunha: Hartland Bently, Soldado de Primeira Classe, Exército dos EUA

Servindo no norte de Washington, DC, em maio de 1958, às 6:00h, ouviu um ruído que soava como um “transformador pulsante”. Ele afirma que a nave mergulhou rumo ao solo, com o impacto causando a queda de vários pedaços (?) e depois a nave levantou vôo novamente. Na noite seguinte, a base de mísseis de Gettysburg lhe telefonou e relatou que havia de 12 a 15 OVNI’s flutuando a 50~100 pés acima dele. Hartland perguntou: “que barulho eles fazem?” O interlocutor retirou o headphone e disse “Escute!” Era o mesmo som que ouvira antes, mas obviamente havia mais de um deles. Hartland imediatamente ligou seu radar e captou o objeto sobre o silo. Na outra passagem do radar, o objeto já estava a 2/3 do caminho para fora da tela, o que sugere uma velocidade acima de 17.000 milhas por hora. Dez anos depois, enquanto trabalhava em um projeto secreto na Califórnia, entre as 2 e 3 da manhã captou o link entre Houston e os astronautas, que diziam que um OVNI estava em curso de colisão com o módulo que dava a volta por trás da Lua.

Servindo no norte de Washington, DC, em maio de 1958, às 6:00h, ouviu um ruído que soava como um “transformador pulsante”. Ele afirma que a nave mergulhou rumo ao solo, com o impacto causando a queda de vários pedaços (?) e depois a nave levantou vôo novamente. Na noite seguinte, a base de mísseis de Gettysburg lhe telefonou e relatou que havia de 12 a 15 OVNI’s flutuando a 50~100 pés acima dele. Hartland perguntou: “que barulho eles fazem?” O interlocutor retirou o headphone e disse “Escute!” Era o mesmo som que ouvira antes, mas obviamente havia mais de um deles. Hartland imediatamente ligou seu radar e captou o objeto sobre o silo. Na outra passagem do radar, o objeto já estava a 2/3 do caminho para fora da tela, o que sugere uma velocidade acima de 17.000 milhas por hora. Dez anos depois, enquanto trabalhava em um projeto secreto na Califórnia, entre as 2 e 3 da manhã captou o link entre Houston e os astronautas, que diziam que um OVNI estava em curso de colisão com o módulo que dava a volta por trás da Lua.

11ª Testemunha: John Maynard, Sargento de Primeira Classe do Exército americano (aposentado).

Tinha como incumbência a checagem, catalogação e encaminhamento de documentos secretos. Para tanto, era obrigado e ler todos, um por um, e checar se estavam completos para que seguisse ao destinatário. Ele afirma ter visto muitas, mas muitas referências a OVNI’s, incluindo fotos MPIC e relatórios sobre abatimentos desses objetos. Afirma que os “black projects”, projetos secretos que correm sem acesso até mesmo para o Presidente, existem de fato e que fora convidado para participar, mas recusou.

12ª Testemunha: Sargento Karl Wolf, Engenheiro de Equipamentos Fotográficos Eletrônicos de Precisão da Força Aérea dos EUA.

Com uma autorização para nível CRYPTO de segurança, trabalhou na base aérea de Langley, Virgínia. Em meados de 1965, foi transferido para o projeto do Lunar Orbiter da NASA, no Campo Langley. Um Dr. Colly estava no comando e tinha um equipamento danificado a ser reparado no local. Karl ficou espantado ao ver tantos cientistas de todo o mundo por lá. Enquanto consertava o equipamento, um colega piloto, assim como ele de Segunda Classe, lhe mostrou fotos de uma base na parte oculta da Lua. As fotografias claramente mostravam estruturas, em formato de cogumelo e edifícios esféricos com duas torres. Karl terminou seu serviço na expectativa de que isto fosse anunciado nos próximos dias. Trinta anos depois, nada.

13ª Testemunha: Donna Hare, funcionária da NASA

Contratada como Designer e Ilustradora, desenhou mapas para alunissagem e decolagem e trabalhava a maior parte do tempo no prédio 8. Enquanto fazia um trabalho extra entre as missões, entrou em um laboratório fotográfico no prédio em frente na qual alguém lhe mostrou uma foto com um OVNI. A pessoa que mostrou lhe informou que tinha como obrigação apagar qualquer evidência de coisas estranhas nas fotos antes de liberá-las ao público. Um guarda lhe contou que, quando fora ordenado que queimasse algumas fotos, sem olhar o que havia nelas, e (é lógico) olhou para uma delas e viu um OVNI, no mesmo momento em que foi golpeado pelo cabo de uma arma. Ela afirma que as pessoas que sabem convivem com as que não sabem e ninguém desconfia de nada.

14ª Testemunha: Larry Warren, Oficial de Segurança da Força Aérea americana

Alega que vigiava armas nucleares armazenadas na base americana de Bentwaters e ocorreu um incidente com aliens no local durante um período de três dias.

15ª Testemunha: George A. Filler, III, Ex-piloto e Oficial de Inteligência da Força Aérea dos EUA (aposentado)

Esta testemunha não acreditava em OVNI’s até lhe ser ordenado que perseguisse um, em 1962. Relata que o objeto decolou rumo ao espaço de modo similar ao ônibus espacial. A partir disso, passou a fazer relatórios para colegas oficiais sobre OVNI’s no Vietnã Em 1976, relatou a um general na base aérea Maguire sobre um incidente no espaço aéreo iraquiano. Em 18 de janeiro testemunhou a descida de um OVNI nessa mesma base, do qual saiu um alienígena que foi baleado, tentou fugir e foi achado morto depois de pular a primeira cerca da base.

16ª Testemunha: Sargento Clifford Stone, Exército dos EUA

Stone conta como os americanos recuperaram objetos extra-terrestres e que ele mesmo estava envolvido nestas operações de resgate. Em 1969 participou da recuperação de uma destas naves enquanto lotado no Fort Lee, em Virgínia, enviado a uma localidade remota da Pensilvânia como parte da equipe reserva, pois suspeitava-se de radiação no local. Nesta apresentação, o sargento não diz muito, mas no DVD ele revela várias missões nas quais se envolveu e afirma que há mais de 50 espécies conhecidas de extra-terrestres.

17ª Testemunha: Mark Candish, Força Aérea dos EUA

Em 1967 assistiu com um telescópio uma aparição de dez minutos de um OVNI sobre uma base aérea americana.Em 1988, um colega de faculdade, Brad Sorrenson, lhe contou que ele pessoalmente viu três OVNI’s em um enorme hangar na base aérea Norton, durante uma exposição, no dia 12 de novembro de 1988. Mark ligou para seu congressista, que confirmou a exposição de Reproduções de Veículos Alienígenas. Apresenta um diagrama da aeronave com base na descrição de seu colega.

18ª testemunha: Daniel Sheehan, advogado.

O advogado, consultor jurídico do Disclosure Project, foi contatado por Marta Smith em 1977. Ela o informou que naquele ano o presidente Carter convocou um encontro com a CIA e exigiu informações sobre OVNI’s e qualquer informação existente sobre inteligência extra-terrestre. O pedido de Carter foi negado pelo diretor da agência na época, George Bush, o pai. Conseguiu acesso restrito a partes do projeto Blue Book naquele mesmo ano de 1977, no Edifício Madisson, onde viu fotografias de um OVNI acidentado cercado de pessoas da Força Aérea. Proibido de tirar qualquer cópias ou fazer anotações, conseguiu copiar caracteres que apareciam na nave em um bloco amarelo.

19ª Testemunha: Dra. Carol Rosin

Apresentada ao falecido Dr. Werner von Braun em 1974, a então professora da 6ª série foi alertada pelo cientista alemão da necessidade de parar com o armamento do espaço. Segundo o pai da tecnologia de foguetes, cinco cartas seriam utilizadas pelos interessados em fabricar armas: primeiro os russos, depois os terroristas, em seguida as nações “malignas” do 3º mundo, os asteróides e, finalmente, uma ameaça alienígena.

http://www.youtube.com/watch?v=TVbtG-ay_f4

20ª Testemunha: Dr. Steven Greer, diretor do Disclosure Project

O Dr. Greer explica que havia até então mais de 5 horas de depoimentos de testemunhas, e que essa coletiva fora uma pequena amostra. Ele clama por audições públicas e investigações no Congresso para desclassificar toda e qualquer informação sobre o assunto. Reafirma que já dominamos, através de engenharia reversa, a tecnologia que nos permitiria viver em um mundo mais limpo e mais humano. Insiste na desmilitarização do espaço e na predisposição de convivência pacífica com as outras espécies alienígenas.



Depois desta coletiva, todos os pedidos da organização têm sido negados pelos órgãos de inteligência e segurança americanos, mas as testemunhas se multiplicam e as evidências continuam se acumulando.

Veja o DVD com os testemunhos integrais (2h) aqui:

Parte 1: http://video.google.com/videoplay?docid=6552475158249898710&q=disclosure+project

Parte 2: http://video.google.com/videoplay?docid=-4694075066240662837&q=disclosure+project

Agradecimento ao WINSTON pela pesquisa e texto.

FONTE: http://www.anjodeluz.com.br/disclosure.htm