Cristianismo e Política

sábado, 9 de outubro de 2010

A separação entre cristianismo e política é assim definida por Jesus: Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

Jesus também disse: meu reino não é deste mundo.

Não me lembro de Jesus ter se envolvido em questões políticas do seu tempo. Me lembro que um zelote, chamado Judas, o fez. Se dizia seu discípulo. Tal político acabou por atraiçoá-lo. E Jesus foi crucificado.

Sempre que a Igreja se envolve em política alguém acaba queimado, excomungado, perseguido, enforcado. Quando vejo cristãos(?) envolvidos com a política me parece que eles não seguem o caminho de Jesus, mais sim o de Judas, chegando mesmo, como Pilatos, a lavar as mãos diante deste ensinamento. Falam em Jesus, mas seguem a Judas e a Pilatos. Judas e Pilatos representam a união de duas esferas numa só postura: o fanatismo religioso e o fanatismo político.

Tal junção historicamente tem sido macabra e fez correr o sangue daquele no qual hoje muitos bebem, subvertendo o ritual da santa ceia. Além de Jesus, um outro exemplo é Joana D’arc, condenada pela Igreja a mulher ardeu na fogueira até a morte, e foi transformada em santa séculos depois. As mulheres bem sabem o que significa a palavra Inquisição. Mas hoje as fogueiras ardem virtualmente. Ficam então as palavras do próprio Jesus: Pai, perdoai-lhes, pois não sabem o que fazem.

F.A.

Exemplo de falso testemunho e pregação política partidária no Altar:

http://www.youtube.com/watch?v=-9nVdpqMgTc

8 comentários:

Aldo Luiz disse...

Aloha.
Caríssimo Fernando, que nos teria a dizer sobre suas palavras, o tal "santo padre", que é chefe POLÍTICO do ESTADO DO VATICANO históricamente e sempre de braço dado com o escravagismo e que detém um PODER DE MANDO em todas as esferas das casas grandes do mundo sempre desconhecido dos próprios senzalados e inocentes seguidores?

Fernando Augusto disse...

Bem lembrado, querido Aldo. Comparando as atitudes de Jesus e do(s) Papa(s) a contradição fica mais explícita ainda.

A religião cristã ensinada por Jesus Cristo nada tem a ver com a ideologia praticada pelos Papas.

Te amo, sou grato!

F.A.

Rosane disse...

Boa Noite Fernando.
Gosto muito dos textos e documentos,evangelhos
apócrifos, tudo relacionado ao legado de Jesus.
Embora negada pela igreja,a vida do Mestre traz passagens surpreendentes, ideologias, comprovadas por documentos históricos.Caso possa dar continuidade agradeço.

Sou muito grata,
Rosane Peon

Fernando Augusto disse...

Oi, Rosane!

Vamos procurar dar continuidade, no momento estou impressionado com a discurso retrágrado e a política partidária no altar efetuada por esse padre católico:

http://www.youtube.com/watch?v=-9nVdpqMgTc

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

F.A.

Nana Odara disse...

oi FA...
acho q li no blog do fauno...
religião é coisa d quem tem medo do inferno,
e a espiritualidade é coisa d quem já passou por ele...
tbm não podemos reduzir "política" às eleições e aos partidos... tudo q fazemos ou deixamos de fazer é um ato político, pq a fé sem obras é morta e partido já vem no nome, pedaço, parte, algo q não é inteiro...
enfim, no caso dessa joana atual, já viu mulher né, tudo q pensa fala... foi no Datena dizer q acredita em Deusa... qqr homem a teria negado por 3 vezes...

Bjins

Fernando Augusto disse...

Oi, Nana!

Concordo plenamente que a Política vai além dos partidos, por isso mesmo acho que deveriam existir candidaturas independentes de partido baseadas num contrato formal e legal de cumprimento de compromissos, metas e princípios. Caso tal contrato fosse rompido o candidato seria sumariamente demitido.

Eu gosto dessa mulher..risos...acreditar em Deusa publicamente faz irromper na política um novo paradigma, é fácil saber o que aconteceria com o Brasil caso Serra voltasse, mas é uma possibilidade nova e interessante termos uma mulher no poder.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

F.A.

Ang Lo disse...

Caro F.A.
Sabes tú que sempre leio seus textos, apesar de nem sempre comentar...
Concordo com quase tudo que disseste nesse post, porém tenho um pedido a fazer: Não malhe mais o pobre Judas! Já expiou seu pecado e carrega todo o ódio da humanidade por ter traído Jesus. Isso é uma das maiores hipocrisias da história, pois pessoas odeiam Judas, dão como motivo a traição de contra Jesus, mas as mesmas pessoas que odeiam Judas, não Amam verdadeiramente Jesus.
Então convoco os amigos: tiremos Jesus da cruz, deixemos de "malhar" Judas e façamos nossa revolução interna para tentar mudar nosso mudo externo, Serra ou Dilma vencendo esta eleição, não modificaram nada! Todos com o mesmo propósito materialista...

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

Ang Lo

Fernando Augusto disse...

Bem lembrado, Ang Lo, Judas é, dentro da Gnose, considerando o maior discípulo de Jesus, usei no texto a face exotérica, mas a face real é bem outra e devemos fazer justiça à ela, por isso recomendo a leitura de um livro chamado O Vôo da Serpente Emplumada.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

F.A.