Tragédia faz a festa da midiocracia

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Reproduzo postagem do Infinito Aldo Luiz que é mais uma evidência que a tragédia recente da região serrana foi travestida de catástrofe natural quando na verdade trata-se de uma ação não natural, provocada, artificial, até por que passado um mês estamos agora passando por um período de seca, fato também incomum nesta época do ano. Segue a postagem do Infinito Aldo publicada em 12/02/2011

Hoje completa um mês a tragédia que assolou a região serrana do Rio de Janeiro. Petrópolis, Teresópolis e Friburgo precisarão de mais de dois anos para reerguerem-se e recuperarem o que foi destruído em algumas horas...


O número 11 e o 12 lhes dizem alguma coisa especial ou diferente? Você já viu estes círculos antes, em alguma foto, ou lugar?

DIL MÁRCIO deixou um comentário sobre a postagem " A idéia da possibilidade".

Reproduzo-o acrescentando as fotos que nos enviou.
Agora, que cada um dê tratos à bola e tire suas conclusões. Há quem prefira a versão da midiocracia dos dominadores... Fazer o que, né?



Amplie as fotos pra ver detalhes



"Sou morador do Campo do Coelho, Nova Friburgo e testemunhei o recente evento climático na região. Asseguro que o fenômeno não foi natural. Houve um bombardeio de raios eletro-magnéticos nas montanhas, junto com o excesso de precipitação pluvial desencadeando os deslizamentos de terra e as enchentes. As descargas elétricas e as trovoadas eram seguidas de estrondos e tremores.
Durante 4 horas, na madrugada do dia 12/01, o bombardeio foi intenso. Porém, por volta das 5h30min, como num passe de mágica, as chuvas, os raios e estrondos cessaram completamente!
Logo em seguida, nuvens espessas de vapor saíram do solo, como se este estivesse fervendo.
Tive a sensação de estar num microondas gigante.
Ao sair de casa deparei-me com a devastação em todas as partes. Mas, o que me chamou a atenção foram as marcas nas montanhas, como se tivessem sido bombardeadas. Tirei fotos dos morros e posso comprovar que não são marcas de deslizamentos oriundos de excesso de água.
Pesquisei a área atingida e constatei ser uma linha contínua ao longo da estrada Teresópolis-Friburgo, abrangendo também Itaipava e parte rural de Petrópolis. Há montanhas destruídas de um lado da linha e intactas do outro lado.
Desafio a físicos ou cientistas que expliquem o fenômeno.
Não tenho dúvidas de que o HAARP está por trás disso. E das demais anomalias climáticas que já estão ocorrendo no mundo! É necessário que todos saibam o que está acontecendo.
Não poderemos evitar o processo, então, que tenhamos a consciência de que as mudanças estão sendo aceleradas e intensificadas por inumanos.

Paz interior, equilíbrio emocional, e boa sorte para todos.

Será que é o HAARP? Agora, que cada um dê tratos à bola e tire suas conclusões. HAARP, esteja certo que esta ARMA DE GUERRA PARA A MODIFICAÇÃO DO CLIMA está lentamente cavando nossos túmulos... Há quem prefira a versão da midiocracia dos dominadores escravagistas... Fazer o que, né?
O melhor escravo e o pior humano é o que se acha liberto.

Agradeço ao Dil por esta inestimável colaboração ao nosso entendimento do quanto estamos iludidos com a lisura dos políticos e "administradores" do mundo e, daqueles que julgamos responsáveis e aos quais depositamos a segurança de nossas vidas.

Nada, religião alguma, lei alguma, substituirá a responsabilidade 100% dos julgamentos, escolhas e decisões de cada um de nós. A verdadeira maravilhosa revolução é intrapessoal e intransferível. "CHEGOU O TEMPO EM QUE O SILÊNCIO É TRAIÇÃO."

Santa Catarina tem 98 cidades em situação de emergência

Dom, 13 Fev, 03h43 Já são 98 os municípios de Santa Catarina que decretaram emergência pelas enxurradas que atingem o Estado. Outras oito cidades também estão na mesma situação por outros motivos: quatro devido aos vendavais, uma por erosão, duas por ressaca, uma por alagamento e uma por praga. Em Mirim Doce, no Vale do Itajaí, o prefeito decretou situação de calamidade pelas enxurradas em janeiro. Ao todo, 107 cidades estão em situação de emergência.

Um comentário:

Rômulo Behrmann disse...

Isso sem duvida é alarmante. Mais como eu ja li no blog Minha Mestria dizendo que o ser humano so espera acordar quando um cometa cair na cabeça dele.

Luz a todos.