Ver

quarta-feira, 16 de março de 2011

A verdade é que é mentira é necessária, imagina o que seria da maioria dos relacionamentos se a verdade sobre o outro fosse sabida de antemão?

Isso me faz pensar que a mentira é parte da verdade, pois se não houvesse mentira a verdade mesma como conceito nem existiria.

A paixão tornou-se assim uma mentira que todo mundo quer e precisa acreditar ao chamá-la de amor. Ai quando descobrimos a verdade surge a prova do amor.

A verdade é que a paixão é o melhor símbolo para o efêmero e a marca do nosso apego pela vida, dando-lhe o sentido, expressando-se pelos sentidos, nos fazendo crer na mentira porque a verdade mesma dispensa a fé.

A verdade por si não tem graça, sua graça está na mentira descoberta.

A verdade enamora-se pela mentira para se reconhecer.

Não saber a verdade cria o espaço do mistério, nesse campo projetamos nossos desejos, então a mentira é fruto inevitável, e, no princípio, delicioso.

F.A.

3 comentários:

Martyn disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Martyn disse...

Verdade... eu te Amo !!!

Rosane Peon disse...

Boa tarde F.A
Segue meu comentário com uma poesia.
Beijos,sou grata.

A Verdade (Carlos Drummond de Andrade)

A porta da verdade estava aberta,
Mas só deixava passar
Meia pessoa de cada vez.
Assim não era possível atingir toda a verdade,
Porque a meia pessoa que entrava
Só trazia o perfil de meia verdade,
E a sua segunda metade
Voltava igualmente com meios perfis
E os meios perfis não coincidiam verdade...
Arrebentaram a porta.
Derrubaram a porta,
Chegaram ao lugar luminoso
Onde a verdade esplendia seus fogos.
Era dividida em metades
Diferentes uma da outra.
Chegou-se a discutir qual
a metade mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente bela
E carecia optar.
Cada um optou conforme
Seu capricho,
sua ilusão,
sua miopia..