A serpente na Bíblia e a questão reptiliana

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Esta postagem é uma reflexão sobre a palestra de David Icke, tal como legendada aqui: http://youtu.be/GSTZPnMnbO8

Apenas para abrir as mentes, sem aprofundar muito, mas deixando algumas pistas para percebermos que a serpente nem sempre cumpre uma função negativa dentro da tradição judaico-cristã, é que cito esta e outras passagens.

Vejam que a serpente não é apenas o mal, a expressão de Satanás. Como símbolo místico ela encarna em si valores de cura, sabedoria, de castigo, de astúcia, de conhecimento.

Assim querer ver na serpente uma expressão tão somente da negatividade ou do mal é um erro. Erro que se for inocente é apenas erro, mas que se for intencional é pura malícia, pois nos impede de conhecer um dos grandes mistérios do esoterismo ao criar um bloqueio negativo ao tema ligado ao símbolo da serpente.

Alguns pesquisadores do oculto e do tema dos reptilianos por vezes enveredam pela interpretação negativa do papel da serpente, mas é preciso perceber que o símbolo dentro da tradição judaico-cristã não se reduz a isto, tendo aliás muitas alusões positivas. Assim o jogo é mais complexo do que parece e não se pode botar no mesmo saco os assim chamados reptilianos através de uma interpretação parcial e simplista. É preciso considerar também que, por exemplo, na tradição gnóstica e na hindu a serpente assume a forma da energia que promove o despertar da consciência humana: a energia sexual transmutada, chamada na Ioga de Kundalini. Seguem algumas citações bíblicas sobre o tema para provocar a reflexão.

Números 21:4 Então, partiram do monte Hor, pelo caminho do mar Vermelho, a rodear a terra de Edom, porém o povo se tornou impaciente no caminho.

Números 21:5 E o povo falou contra Deus e contra Moisés: Por que nos fizestes subir do Egito, para que morramos neste deserto, onde não há pão nem água? E a nossa alma tem fastio deste pão vil.

Números 21:6 Então, o SENHOR mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que mordiam o povo; e morreram muitos do povo de Israel.

Números 21:7 Veio o povo a Moisés e disse: Havemos pecado, porque temos falado contra o SENHOR e contra ti; ora ao SENHOR que tire de nós as serpentes. Então, Moisés orou pelo povo.

Números 21:8 Disse o SENHOR a Moisés: Faze uma serpente abrasadora, põe-na sobre uma haste, e será que todo mordido que a mirar viverá.

Números 21:9 Fez Moisés uma serpente de bronze e a pôs sobre uma haste; sendo alguém mordido por alguma serpente, se olhava para a de bronze, sarava.

Mateus 10

16 Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas.

João 3

14 E como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;

Êxodo 7

9 Quando Faraó vos disser: Apresentai da vossa parte algum milagre; dirás a Arão: Toma a tua vara, e lança-a diante de Faraó, para que se torne em serpente.

10 Então Moisés e Arão foram ter com Faraó, e fizeram assim como o Senhor ordenara. Arão lançou a sua vara diante de Faraó e diante dos seus servos, e ela se tornou em serpente.

11 Faraó também mandou vir os sábios e encantadores; e eles, os magos do Egito, também fizeram o mesmo com os seus encantamentos.

12 Pois cada um deles lançou a sua vara, e elas se tornaram em serpentes; mas a vara de Arão tragou as varas deles.

13 Endureceu-se, porém, o coração de Faraó, e ele não os ouviu, como o Senhor tinha dito.

14 Então disse o Senhor a Moisés: Obstinou-se o coração de Faraó; ele recusa deixar ir o povo.

15 Vai ter com Faraó pela manhã; eis que ele sairá às águas; pôr-te-ás à beira do rio para o encontrar, e tomarás na mão a vara que se tomou em serpente.

Isaías 14

29 Não te alegres, ó Filístia toda, por ser quebrada a vara que te feria; porque da raiz da cobra sairá um basilisco***, e o seu fruto será uma serpente voadora.

30 E os primogênitos dos pobres serão apascentados, e os necessitados se deitarão seguros; mas farei morrer de fome a tua raiz, e será destruído o teu restante.

Por aí podemos ver que a na própria Bíblia há duas versões para o tema da serpente, uma positiva e outra negativa, e isso dentro da própria tradição judaico-cristã. Então querer ver tal tema apenas pelo lado negativo para fundamentar uma determinada visão sobre os reptilianos não é ser mais realista que o rei? Já me deparei com entidades de natureza reptiliana que por incrível que pareça demonstraram empatia por nós, humanos, então é preciso tomar cuidado para não fazer um julgamento precipitado nesta questão, até por que se até entre nós existe gente boa por que não haveria de ocorrer o mesmo com eles? Os híbridos de humanos e reptilianos não existem apenas na elite (iluminatis), boa parte de nossa estrutura cerebral e constituição genética possui contribuição reptiliana.

*** Basilisco - Houaiss

n substantivo masculino
1 lagarto ou serpente fabulosa, cujo olhar e cujo bafo, dizia-se, tinham o poder de matar
2 Rubrica: herpetologia.
design. comum aos lagartos do gên. Basiliscus, da fam. dos iguanídeos, que ocorrem do México à Colômbia; de longas patas traseiras e dedos com expansões laterais, o que lhes permite correr sobre a água
3 (sXVI) Rubrica: termo militar.
antiga peça de artilharia, de bronze, para atirar balas de ferro

lat. basilíscus,i 'basilisco, serpente venenosa', adp. do gr. basilískos,ou (dim. de basileús) 'rei ou chefe pouco poderoso, p.ext., réptil'; tb. lat.cien. gên. Basiliscus; ver basil(i/o)-; f.hist. sXIII basilisquo, sXIV basilisco, sXV basillisco

obs: esta postagem é uma reflexão sobre a palestra de David Icke, tal como legendada aqui: http://youtu.be/GSTZPnMnbO8

15 comentários:

NDNA disse...

Os "Adoradores" de Serpentes:

http://nemdeusesnemastronautas.blogspot.com/2011/01/os-adoradores-de-serpentes.html

Martyn disse...

Valew pela palestra... lembrei do Livro Mensageiros do Amanhecer.

Eduardo disse...

Eu acho esse tema fascinante, mas é dificil entender algumas partes. Será que você está dizendo que os reptilianos, ao escravizar a humanidade, cumpriram paralelamente algumas funçoes benéficas? ou que existem diferentes grupos deles - alguns hostis e outros amigáveis, o que explicaria as citações favoráveis na bíblia?

E outra vez discutimos aqui sobre a dualidade pássaros x répteis e vc argumentou que sao diferentes e que nossa missão é integrá-los dentro de nós, mas no documentário do Icke diz que os pássaros são reptilianos disfarçados.

O link que o NDNA deixou sugere que os nazistas perseguiam os reptilianos e adotavam símbolos de pássaros...

e por último uma das maiores dúvidas q eu tenho nesse quebra-cabeça todo: será que os reptilianos são os tão falados Anunnaki? o Alex Collier diz que não, mas todas evidencias apontam que sim..

não se sinta na obrigaçao de responder, eu só precisava externar essas questões

Fernando Augusto disse...

Olá, Eduardo!

Acho que tudo depende de nós. É fato que vivemos numa prisão perceptiva criada pela mente do predador ou instalação alienígena.

É fato que vivemos num universo predatório.

Nosso desafio é ir além desta prisão perceptiva e superar a mente do predador.

Temos em nossa genética a participação de diferentes raças alienígenas. Eu mesmo diria que sou do ponto de vista energético um híbrido de reptiliano com nativos indígenas, ou seja, um misto de raça estrangeira com legítimo sangue de raça originária da terra. Aliás esta mistura não é favorável aos predadores, eles não gostam de cães vira-latas ou mestiços.

Tenho me deparado com seres do outro lado que são reptilianos e são amigáveis, dispostos mesmo a ensinar. Mas vivemos num universo predatório e certas espécies se alimentam de nós da mesma forma como nos alimentamos de outras espécies, só que num nível mais sutil.

As citações bíblicas revelam a natureza dupla do símbolo da serpente.

Temos em nossa genética muito deles. Se quisermos nos desenvolver espiritualmente teremos que redimir em nós mesmos esta genética. Fazer como Jesus disse:

Assim como Móises levantou a serpente de bronze no deserto é preciso que o filho do homem seja levantado.

Levantar em nós a serpente é fazer que todo o nosso potencial humano venha a tona, é despertar o força do Filho, do Cristo em nós. Isso se faz pelo que simbolicamente é chamado de levantar a serpente: transmutar a energia criadora para que ela nos redima de nossa condição limitada e nos ilumine. Nos libere da mente predadora.

Icke comete uma série de erros em sua pesquisa. Icke sataniza os reptilianos. Eles são apenas uma espécie superior a nossa e nos usam como recurso natural da mesma forma como fazemos com uma galinha. Não são maus. São o que são. E nós temos que ir além deles através de nossa própria disciplina espiritual. Há reptilianos que nos ajudam nesta tarefa de evolução da consciência, pois possuem uma EMPATIA por nós e podem crescer com a nossa parceria. Eles podem ser aliados. Mas depende do homem e da mulher redimir em si mesmo esta força, a força que basicamente se manifesta em nosso instinto: fome, agressividade, sexualidade e sono.

A raça da serpente, o povo da serpente possuem talentos de ensino, sabedoria e conhecimento. Don Juan considera este um dos maiores aliados que se pode encontrar no caminho do conhecimento.

Acho que Icke força muito na interpretação negativa dos reptilianos. A serpente é um símbolo forte no inconsciente coletivo de nossa espécie e não se associa apenas ao mal, associa-se ao conhecimento, a iluminação e a força criadora. É muito presente nas mirações do Daime, está presente nos mitos da Jurema, faz parte do universo místico dos pajés.

É importante refletir que esta tendência a satanizar uma espécie acaba por produzir uma armadilha mental perigosa, que nos faz perder a idéia da própria natureza predatória do universo e que é através desta natureza que encontramos o desafio e a dificuldade para avançarmos em nosso nível de energia e de consciência. O universo nos testa se queremos avançar e predadores são a encarnação do teste da consciência.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

F.A.

Fernando Augusto disse...

Edu,

se vc for olhar para o mito, a história do Éden, talvez perceba que o mito revela dois tipos de seres para nós humanos:

deus e a serpente.

Tome deus como o representante de uma raça vinda do céu, alienígena. Interprete a serpente como uma raça nativa simpática ao humano e que por isso lhe mostrou a ciência do bem e do mal ao incitá-lo a comer da árvore do conhecimento. Tereis aí duas espécies de seres. Hipótese para estudo e para conturbar ainda mais as combalidas mentes ;-)))

Serão duas espécies de reptilianos: uma alienígena e predadora, a outra nativa e simpatizante da causa humana por razões de interesse próprio e planetário?

No intento,

F.A.

Eduardo disse...

Fernando, obrigado por compartilhar. Este blog me ajuda muito a montar este e outros quebra-cabeças.

Sinto muito, me perdoa, te amo, SOU GRATO.

Martyn disse...

Valew... já tava preocupado com a Lua...

Lua Cheia - Raul Seixas - Ao vivo

http://youtu.be/6-niFAx87ZI

...

“A espiritual penetrou na serpente, o instrutor. Então, a serpente instruiu a mulher, dizendo: ‘O que é que ele vos disse? Será que de toda a árvore que está no paraíso comerás, mas da árvore do conhecimento do mal e do bem não comerás?’ Respondeu a mulher carnal: ‘Não disse somente ‘não comer’, mas também: ‘Não lhe toques, porque no dia em que comerdes dela morrereis de morte’’. E disse a serpente, o instrutor: ‘Não morrereis de morte; disse-vos isso porque é invejoso. Mas abrir-se-ão, antes, os vossos olhos e sereis parecidos com deuses, conhecedores do mal e do bem’. E a instrutora retirou-se da serpente e abandonou-a como coisa já puramente terrestre. Então, a mulher carnal colheu da árvore e comeu, e ofereceu ao seu marido juntamente com ela.

http://pistasdocaminho.blogspot.com/2008/12/o-jardim-do-den.html

Eduardo disse...

E "Deus" blefou...

Fernando Augusto disse...

"Não dirás falso testemunho contra o teu próximo", contudo, porém, todavia, aquele ser que se intitulava Deus no mito do Éden mentiu.

A tentação do poder atinge mesmo aqueles que se consideram deuses.

Mas há de fato Deus, a Divindade Suprema, aquela fonte de onde nós mesmos emanamos. É preciso não confundir, pois nós mesmos somos o Templo do Altíssimo e expressões dessa Presença.

E se podemos redimir a nós mesmos quem sabe esse ser edênico também não o faça.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

F.A.

Martyn disse...

Os Planejadores Originais então dispuseram-se a introduzir a sua própria versão de um plano que coincidisse com a época em que a frequência da Terra seria alterada, uma época em que os proprietários pereceriam se não mudassem sua própria frequência. Emoções são fonte de alimento. Existem seres cuja fonte de alimento é o amor, e os Planejadores Originais pretendem alterar a frequência da Terra para a frequência do amor. A fonte de alimento dos atuais proprietários, que é o medo, ansiedade, caos, fome e desânimo precisa ser removida. Adivinhem quem está removendo esta fonte de alimento?

http://pistasdocaminho.blogspot.com/2009/12/familia-da-luz-mensageiros-do-amanhecer.html

...

Lembrem-se que identidade como freqüência é a soma total da irradiação como pulsações eletromagnéticas dos vossos corpos físico, mental, emocional e espiritual. Todas as vezes que possuírem o que alguém estava sifonando (drenando) e culti­varem isso de acordo com a vossa vontade própria, vocês mudam a vibração do planeta. Como destruidores de sistemas, esta é uma das tarefas que desempenham com mais habilidade. Nós não queremos depreciar ou desprezar o que usaram até agora como instru­mentos, queremos apenas que se desfaçam de seus velhos ins­trumentos.

http://pistasdocaminho.blogspot.com/2008/12/quem-so-os-vossos-deuses.html

...

Consciência alimenta consciência. Não é fácil entenderem este conceito, porque vocês se alimentam de
comida. A comida para alguns seres, é a consciência. Toda a comida contém consciência em algum ponto do
seu proprio desenvolvimento, quer você a frite, cozinhe ou colha da horta; você a ingere para manter-se
nutrido. As vossas emoções são alimento para outros seres. Quando vocês são controlados para gerarem devastação
e fúria, estão criando uma frequência vibracional que sustenta a existência destes outros seres,
porque é disso que eles se nutrem. Existem seres que vivem da vibração do amor, e esse grupo gostaria de
restabelecer o alimento do amor neste planeta.

MENSAGEIROS DO AMANHECER

Fernando Augusto disse...

Saudações, Martyn!

Sutilmente e poderosamente destruíremos o sistema pelo Amor.

Fica claro que as pessoas que usam o sistema que ficou conhecido como Viver de Luz tem e tiveram uma função importante de mostrar que há formas de alimentação mais sutis e que portanto nos torna possivel compreender como a consciência se alimenta da consciência.

Sinto muito, me perdoa, te amo, sou grato!

F.A.

Martyn disse...

Nassim Haramein - 4.0 Cruzando el horizonte de sucesos- Descubriendo el misterio- 1de5

http://youtu.be/8OvOi9bBLOc

Nassim habla en esta ultima parte sobre sus estudios y conclusiones con respecto a la Biblia, mas especificamente al Antiguo Testamento, donde nos entrega una descripcion de Dios o Yave muy diferente a lo que la mayoria de nosotros teniamos preconcebido.

...
Ser sutil, poderoso e saber amar... já é um objetivo :D

Martyn disse...

Então, aquela passagem bíblica em que o “diabo” tenta Jesus, não tem o objectivo de o tirar do caminho; é uma tentativa de provar que a verdade do outro (Anhotak) é superior à de Jesus. É um confronto ideológico e político intergaláctico! Portanto, a galáxia Anágora tornou-se o centro administrativo e jurídico existencial dessas raças, em grande parte reptilianas e insectóides. Porquê?...

Quando um planeta qualquer passa pelo processo de adaptação geológica, quais são as primeiras formas de vida que vão suportar as intempéries das alterações geológicas? Os insectos e depois os répteis! Por isso, essas duas formas biológicas de vida foram escolhidas propositadamente para criarem os Impérios das super-raças e das superpotências. Os reptilianos e os insectóides não têm sentimentos, pois isso não faz parte da sua matriz genética original. Têm, contudo, um enorme poder intelectual, uma mentalidade racional 1000 vezes superior a um Humano. O QI de um reptiliano de nível inferior anda pelos 600 ou 700. Não tem, por isso, comparação com o nosso (que dificilmente chega aos 100!). Um reptiliano de nível superior chega a um QI de 2600! Mas eles não têm emoções. Então, qual é a grande dificuldade de um reptiliano?... Sentir! Eles são regidos (geneticamente) por processos lógicos (equivalentes ao hemisfério esquerdo humano).

http://www.viagemastral.com/gva/viewtopic.php?f=9&t=8927

tem lógica :D...

Martyn disse...

Jung: Esse livro sempre esteve em minha mente, mas aguardei 40 anos para escrevê-lo. Fiquei terrivelmente chocado quando, ainda criança, li o Livro de Jó pela primeira vez. Descobri que Javé é injusto, que é mesmo um malvado. Pois permite-se ser persuadido pelo diabo, concorda em torturar Jó por sugestão de Satã. Na onipotência de Javé não existe consideração pelo sofrimento humano. São abundantes os exemplos da injustiça de Javé em certos escritos hebraicos. Mas não é esse o ponto; o ponto que interessa é a reação do crente à injustiça. A questão é a seguinte: Existe na literatura rabínica qualquer prova da existência de reflexão crítica ou de uma reconciliação desse conflito na Deidade? Num texto tardio (Talmud babilônbico), Javé solicita a bênção do sumo sacerdote Ishmael, e Ishmael responde-lhe: "Seja a Tua vontade que a Tua misericórdia suprima a Tua ira, e que a Tua compaixão possa prevalecer sobre os Teus outros atributos..."

O Todo-Poderoso sente que um homem verdadeiramente santificado é superior a Ele.

http://www.saindodamatrix.com.br/archives/2011/08/jung_livro_de_jo.html

...
mais lógica :D...

Valter Amorim disse...

Para aqueles que quiserem se aprofundar mais sobre este tema, e ao lado espiritual do assunto, vejam estes dois post, e garanto que irá cair a ficha referente á alguns fatos históricos importantes na interação desta raça, em nosso mundo, abraços !

http://aquariuspage.blogspot.com.br/2012/04/os-decaidos-e-linha-reptiliana-segundo.html

http://aquariuspage.blogspot.com.br/2012/09/jerusalem-fisica-com-relogio-de-deus-e.html