Transformar

terça-feira, 12 de junho de 2012

A morte é a companheira,

dizem os naguais.

É um relacionamento difícil,

como soa ser todos os demais,

pois se morre um pouco de mim,

nasce um pouco de outro,

e acabo sem me reconhecer,

pois só me reconheço no outro,

neste morrer.

F.A.

Nenhum comentário: