Os Métodos do Despertar, por Satyananda

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

De acordo com os Tantras, Kundalini pode ser despertada por vários métodos, os quais podem ser praticados individualmente ou em combinação.

Contudo, o primeiro método não pode ser praticado, porque é o despertar pelo nascimento. Naturalmente ele é tarde de mais para muitos de nós tomarmos vantagem neste método particular, mas alguns de nós podemos ser úteis na produção de crianças que tem Kundalini desperta.

O DESPERTAR PELO NASCIMENTO

Por um nascimento favorável, se seus pais forem altamente evoluídos, você pode ter uma Kundalini desperta. Também é possível nascer com uma sushumna desperta, ida ou pingala nadi. Isto significa que a partir do momento do nascimento, as suas faculdades elevadas estarão operando parcial ou totalmente.

Se uma criança nasce com um despertar parcial, ela é chamada de santo, e se ela nasce com a iluminação completa, ela é conhecida como uma encarnação de um avatar ou um filho de Deus. Se alguém nascer com uma Kundalini desperta, suas experiências estarão totalmente sob controle. Elas realizam-se nele desde o início de uma forma natural, assim ele nunca sente que algo extraordinário esta acontecendo com ele. Uma criança com a Kundalini desperta tem clareza de visão, uma alta qualidade de pensamentos e uma filosofia sublime. Sua atitude de vida é um tanto incomum, bem como seu total desapego. Para ele, seus pais são apenas seus meio de criação e, portanto, ele é incapaz de aceitar o relacionamento social normal com eles*. Embora ele possa viver com eles, ele sente como se fosse apenas um convidado. Essa criança apresenta um comportamento muito maduro e ela não reage emocionalmente com qualquer coisa na vida. Conforme ela cresce, ela torna-se consciente de sua missão e de seu objetivo na vida*.

Muitos de nós podemos querer dar à luz a um yogue ou a um filho iluminado, mas isto não é uma questão simples. Todo casamento, ou união de pais, não pode produzir um yogue, mesmo se o homem e a mulher praticam yoga de manhã à noite. Isto é somente sob certas circunstancias que um ser superior pode ser produzido. A fim de abrir as portas para uma alma muito evoluída neste mundo, tem de primeiro transformar seus desejos brutos em aspirações espirituais.

É muito difícil convencer as pessoas no ocidente de que uma criança pode nascer em um estado iluminado, porque elas têm atitudes morais de uma determinada religião profundamente enraizadas em suas mentes e em sua fé. Para eles, a união entre um homem e uma mulher é pecado. Se você explicar para eles que um yogue pode ser produzido como o resultado de uma união sexual, eles dirão, "Não! Como pode um yogue nascer do pecado?"
É possível que a nova geração de super homens seja produzida desta forma. Através das praticas de yoga você pode transformar as qualidades de seus genes. Se os genes podem produzir artistas, cientistas, inventores e gênios intelectuais, então por que não Kundalini desperta? Você tem que transformar a qualidade de seu óvulo ou esperma primeiramente transformando toda a sua consciência.

Nem drogas nem dieta irão transformar seus genes, mas se você mudar sua consciência, você pode então efetuar os elementos de seu corpo e, finalmente, mudar a qualidade do esperma e do óvulo. Então você terá crianças com a Kundalini desperta. Eles se tornarão os yogues e mestres da casa que definirão as coisas corretamente para você. Eles dirão, "Mãe, você não é o seu corpo físico". "Pai, beber não é bom".

Aqueles dentre vocês que entram na vida conjugal, devem manter em mente que o objetivo não é apenas o prazer, ou a produção de prole, mas a criação de um gênio. Em todo o mundo as pessoas que se casam para a progenitura devem tentar ter crianças de elevada qualidade.

O MANTRA

O Segundo método para despertar Kundalini é através da pratica regular e constante de mantra. Isto é muito poderoso, suave e livre de métodos arriscados, mas é claro que é uma sadhana que requer tempo e muita paciência. Primeiro você precisa obter um mantra adequado de um guru que conhece yoga e tantra, e que pode guiar você através de sua sadhana. Quando você pratica o mantra incessantemente, desenvolve-se em você a visão de uma força superior e que permite que você viva em meio às sensualidades da vida com indiferença a elas. Quando você joga uma pedra em um lago tranqüilo, produz ondas circulares. Da mesma forma, quando você repete um mantra repetidas vezes, a força do som ganha impulso e cria vibrações no oceano da mente.

Quando você repete o mantra milhões e bilhões de vezes, ele permeia cada parte de seu cérebro e purifica todo o seu corpo físico, mental e emocional.

O mantra deve ser recitado de voz alta, suavemente, no plano mental e no plano psíquico. Ao praticá-lo nestes quatro níveis, Kundalini desperta metódica e sistematicamente. Você também pode usar o mantra pela repetição mental em coordenação com a respiração, ou você pode cantá-lo em voz alta na forma de um kirtan. Isto cria uma grande potencial em mooladhara e o despertar tem lugar.

Estreitamente relacionado com o yoga mantra, é o despertar através do som, ou música – nada yoga. Aqui os sons são os bija mantras e a musica consiste de melodias particulares correspondendo aos chakras em particular. Isto é mais um suave e atraente modo de despertar.

O TAPASYA (OU TAPAS)

O terceiro método de despertar é Tapasya, que significa a realização de austeridades. Tapasya é um meio de purificação, uma queima ou ajuste no fogo para que um processo de eliminação seja criado, não no corpo físico, mas nos corpos mental e psíquico. Através deste processo, a mente, as emoções e toda a personalidade são limpas de toda a sujeira, complexos e padrões de comportamento que causam dor e sofrimento. Tapasya é um ato de purificação. Ele não deve ser mal entendido como permanecer nu em água fria ou neve, ou praticando austeridades tolas e sem sentido. Quando você quer eliminar um mau hábito, quanto mais você quer se livrar dele, mais poderoso ele se torna. Quando você o abandona no estado de vigília, ele aparece em sonhos, e quando você para aqueles sonhos, ele se expressa em seu comportamento ou se manifesta em doenças. Este hábito em particular deve ser destruído em sua raiz psíquica, não apenas no nível consciente. O samskara e o vasana devem ser eliminados por alguma forma de tapasya.

Tapasya é um processo psicológico ou psíquico-emocional através do qual o aspirante tenta por em marcha um processo de metabolismo que vai erradicar os hábitos que criam fraqueza e obstruem o despertar da vontade. "Eu preciso fazer isto, mas eu não posso". Por que essa diferença entre deliberação e implementação surgem na mente do aspirante? Por que isso é tão grande? É devido a uma deficiência de vontade; e esta fraqueza, esta distancia ou barreira entre a resolução e a execução pode ser removida através de uma pratica regular e repetida de tapasya. Então, a vontade toma uma decisão uma vez e o caso está terminado.
Esta força de vontade é fruto de tapasya. A psicologia da austeridade desempenha um papel muito importante no despertar do poder latente do homem. Ela não é bem compreendida pelo homem moderno que, infelizmente, aceitou que o homem vive para "o princípio do prazer", como proposto por Freud e seus discípulos. A psicologia da austeriada é muito boa e certamente não é anormal. Quando os sentidos estão satisfeitos pelos objetos do prazer, pelos confortos e luxos, o cérebro e o sistema nervoso tornam-se fracos e a consciência e a energia passam por um processo de regressão. É nesta situação que o método de austeridade é um dos mais poderosos e por vezes explosivos método do despertar.

Aqui as manifestações são enormes e o aspirante tem que enfrentar seus mais baixos instintos no inicio. Ele confronta um monte de tentações e as agressões das forças satânicas e tamásicas. Todo o mal, ou samskaras negativos, ou karmas de muitas, muitas encarnações vêm à superfície. Às vezes o medo se manifesta muito poderoso, ou o apego ao mundo vem com muita força. Em algumas pessoas as fantasias sexuais assombram a mente por dias seguidos, enquanto outros se tornam magros ou até mesmo doentes. Nesta conjuntura, os siddhis podem surgir.

Desenvolve-se a percepção extrasensorial, ele pode ler a mente dos outros, ele pode suprimir outros por um pensamento, ou seus próprios pensamentos podem ser materializados. No início, forças escuras manifestam-se e todos esses siddhis são negativos ou de uma qualidade inferior. Tapasya é um método muito, muito poderoso de despertar, pelo o qual nem todo mundo pode lidar.

DESPERTANDO ATRAVÉS DE ERVAS

O quarto método do despertar é através do uso de ervas específicas. Em sânscrito isto é chamado Aushadi, e não deve ser interpretado com o significado de drogas como marijuana (cannabis; vulgo maconha), LSD, etc. Aushadi é o mais poderoso e rápido método de despertar, mas ele não é para todos e muitas poucas pessoas conhecem esse método. Existe ervas que podem transformar a natureza do corpo e seus elementos e trazer um parcial ou completo despertar, mas elas nunca devem ser usadas sem um guru ou guia qualificado. Isto ocorre porque certas ervas selecionadas despertam ou ida ou pingala, e outras podem suprimir ambos esses nadis e levar rapidamente a um sanatório mental. Por esta razão, Aushadi é um método muito arriscado e pouco confiável.

Em antigos textos védicos da Índia, há referencias a uma substancia chamada soma. Soma era um suco extraído de um cipó que era escolhido em dias especiais na fase escura da quinzena lunar. Ele era colocado em um jarro de barro e enterrado no chão até a lua cheia. Então, ele era retirado e o suco era extraído e tomado. Isto induzia a visões, experiências e um despertar da consciência superior.

Os persas conheciam outra bebida, homa, que podia ter sido o mesmo soma. No Brasil e também nos países africanos, as pessoas usam cogumelos alucinógenos e em regiões do Himalaia, marijuana ou haxixe foram utilizadas com o pensamento de que eles pudessem fornecer um atalho para suscitar um despertar espiritual. De tempos em tempos, em diferentes partes do mundo, outras coisas também são descobertas e usadas, alguns sendo muito leves em seus efeitos e outros sendo muito concentrados.

Com a ajuda das ervas corretas, os aspirantes purificados foram capazes de visualizar seres divinos, rios sagrados, montanhas, locais sagrados, homens santos e assim por diante. Quando os efeitos das ervas estavam mais concentrados, eles podiam separar o eu de seu corpo e viajar no astral. Claro que isto foi muitas vezes ilusório, mas às vezes era uma experiência real também. As pessoas foram capazes de entrar em um estado de samadhi e despertar suas Kundalini. Neste particular campo do despertar, o instinto sexual foi completamente eliminado. Portanto, muitos aspirantes preferem este método e têm tentado descobrir a erva apropriada por muitos séculos.

Com o despertar por aushadhi o corpo torna-se calmo e quieto, o metabolismo fica mais lento e a temperatura cai. Como resultado disto, os reflexos nervosos funcionam diferentemente e, em muitos caos, o despertar de aushadhi é uma permanente. Entretanto, o método do despertar por aushadhi já não é praticado porque foi usurpada pelas pessoas comuns que não foram nem preparadas, nem competentes e nem qualificadas. Como resultado, o conhecimento das ervas foi retirado e é um segredo muito bem guardado.

Todo mundo anseia despertar Kundalini, mas poucas pessoas têm a disciplina e preparação mental, emocional e psíquica e os nervos necessários para evitar danos ao cérebro e aos tecidos. Assim, embora ninguém esteja ensinando hoje o método do despertar por aushadhi, este conhecimento tem sido transmitido de geração para geração através da tradição de guru/discípulo. Talvez algum dia, quando a natureza do homem mudar e nós encontrarmos melhores respostas intelectual, físico e mental, a ciência possa novamente ser revelada.

O RAJA YOGA

O quinto método para induzir o despertar é através do raja yoga e do desenvolvimento de uma mente equilibrada. Esta é a total fusão da consciência individual com a superconsciencia. Ela ocorre por um processo seqüencial de concentração, meditação e comunhão; experiência de união com o absoluto ou supremo.

Todas as praticas de raja yoga, precedidas por hatha yoga, trazem experiências muito duráveis, mas eles podem levar a um estado de completa depressão, no qual você não sente vontade de fazer qualquer coisa. O método do raja yoga é muito difícil para muitas pessoas, pois isso exige tempo, paciência, disciplina e perseverança. Concentração da mente é uma das coisas mais difíceis para o homem moderno conseguir. Ele não pode ser iniciado antes que a mente tenha sido estabilizada, os karmas desativados e as emoções purificadas através do karma yoga e do bhakti yoga. É da natureza da mente permanecer ativo o tempo todo e isto constitui um perigo real para muitas pessoas dos nossos tempo, porque quando tentamos concentrar a mente, nós criamos uma divisão. Portanto, muitos de nós só devemos praticar a concentração até certo ponto.

Após o despertar através de raja yoga, as mudanças ocorrem no aspirante. Ele pode transcender a fome e todos os seus vícios e seus hábitos. As sensualidades da vida não são mais atraentes, a fome e o desejo sexual diminuem e o desapego desenvolve-se espontaneamente. Raja yoga traz uma lenta transformação da consciência.

O PRANAYAMA

O sexto método de despertar Kundalini é através de pranayama. Quando um aspirante suficientemente preparado pratica pranayama em um ambiente calma, fresco e calmo, de preferência em uma altitude elevada, com uma dieta apenas suficiente para manter a vida, o despertar de Kundalini ocorre como uma explosão.

Na verdade, o despertar é tão rápido que Kundalini ascende ao sahasrara imediatamente.
Pranayama não é somente um exercício respiratório ou um meio para aumentar o prana no corpo; ele é um método poderoso de criação de fogo yóguico para aquecer Kundalini e despertá-la. Entretanto, se ele praticado sem uma preparação suficiente, isto não ocorrerá porque o calor gerado não será direcionado para os centros apropriados.

Portanto, jalandhara, uddiyana e moola bandhas são praticados para bloquear o prana e forçá-lo até o cérebro frontal. Quando pranayama é praticado corretamente, a mente é automaticamente conquistada. No entanto, os efeitos do pranayama não são simples de gerir. Ele cria calor excepcional no corpo, ele desperta alguns centros no cérebro e pode prejudicar a produção de esperma e testosterona. O pranayama pode também reduzir a temperatura interna do corpo e a taxa de respiração e alterar as ondas cerebrais. A menos que se tenha praticado os shatkarmas primeiro e purificado o corpo a um grau, quando essas mudanças ocorrem, você pode não ser hábil para lidar com elas.

Há duas formas importantes de despertar Kundalini – uma é pelo método direto e o outro é pelo indireto. O pranayama é o método direto. As experiências produzidas são explosivas e os resultados são alcançados rapidamente. A expansão é rápida e a mente alcança uma metamorfose rápida. Entretanto, esta forma de despertar Kundalini é sempre acompanhada por certas experiências, e para quem não está suficientemente preparado mental, filosófica, psíquica e emocionalmente, estas experiências podem ser terríveis. Portanto, embora o caminho do pranayama seja um método rápido, ele é drástico e é considerado muito difícil uma vez que muitas pessoas não podem controlar.

KRIYA YOGA

O sétimo método para induzir o despertar é kriya yoga. Ele é o mais simples e a maneira mais pratica para o homem moderno, uma vez que não exige confronto com a mente. Pessoas sattwicas podem ser hábeis para despertar Kundalini através de raja yoga, mas quem tem uma mente tumultuada, barulhenta e rajásica, não tem sucesso desta forma. Elas só desenvolverão mais tensões, culpas e complexos, e podem até mesmo se tornarem esquizofrênicas. Para essas pessoas, kriya yoga é de longe o melhor e mais efetivo sistema.

Quando você pratica kriya yoga, Kundalini não desperta com força, nem desperta como um satélite ou como uma visão ou experiência. Ela acorda como uma rainha nobre. Antes de levantar ela vai abrir os olhos, em seguida fechar e então voltar a dormir. Então, ela vai abrir os olhos novamente, olhar aqui e lá, virar para a direita e para a esquerda, em seguida, puxando a folha sobre sua cabeça e cochilar. Depois de algum tempo, ela voltará a esticar o seu corpo e abrir seus olhos, então cochilar por um pouco. Cada veze que ela esticar e olhar a sua volta ela dirá, "Hmmm". Isto é o que acontece no despertar de kriya yoga.

Às vezes você se sentirá imponente e às vezes você não se sentirá muito bem. Algumas vezes você prestará muita atenção nas coisas da vida e outras você pensará que tudo é inútil. Às vezes você comerá extravagantemente e, outras não comerá por dias inteiros. Às vezes você terá noites de insônias e outras vezes não sentirá vontade de fazer nada, mas apenas dormir e dormir. Todos estes sinais do despertar e reversão, despertar e reversão continuam chegando de vez em quando.

Kriya yoga não produz um despertar explosivo. Contudo, pode trazer visões e outras experiências muito suaves e controláveis.

A INICIAÇÃO TÂNTRICA

O oitavo método do despertar de Kundalini através da iniciação tântrica é um tópico muito secreto. Somente aquelas pessoas que têm transcendido as paixões, e que compreendem os dois princípios da natureza, Shiva e Shakti, são aptos para esta iniciação. Ela não é destinada para aqueles que instam(?) à espreita dentro deles, ou para aqueles que têm uma necessidade física de contato. Com a orientação de um guru, esta é a maneira mais rápida e possível para se despertar Kundalini.

Não existem experiências ou sentimentos extraordinários e nem neuroses; tudo parece completamente normal, mas ao mesmo tempo, sem que você saiba, o despertar ocorre. As transformações têm lugar e sua consciência se expande, mas você não sabe disto. Neste sistema particular, o despertar e a chegada em sahasrara são o mesmo evento. Ele acontece em apenas três segundos. Contudo, quem está qualificado para este caminho? Poucas pessoas neste mundo têm transcendido completamente o desejo sexual e superado suas paixões.

O SHAKTIPAT

O nono método do despertar é realizado pelo guru. Ele é chamado shaktipat. O despertar é instantâneo, mas ele é somente um vislumbre, não um evento permanente. Quando o guru cria este despertar, você experiência o samadhi. Você pode praticar todas as formas de pranayama e todos os asanas, mudras e bandhas sem ter aprendido ou se preparado por eles. Todos os mantras lhe são revelados e você conhece as escrituras por dentro. Mudanças tomam lugar nos seu corpo físico em um instante. A pele torna-se macia, os olhos brilham e o corpo emite um aroma particular que não é nem agradável e nem desagradável. Este shaktipat é realizado na presença física ou à distancia. Ele pode ser transmitido por um toque, por um lenço, por um japa mala, uma flor, uma fruta ou algo comestível, dependendo do sistema que o guru dominou. Ele pode até mesmo ser transmitido por carta, telegrama ou telefone. É muito difícil dizer quem está qualificado para este despertar. Você pode ter vivido uma vida de renúncia por cinqüenta anos, mas ainda não poder recebê-lo.

Você pode ser uma pessoa comum, vivendo uma vida não espiritual, comendo todo o tipo de alimentos impróprios, mas o guru pode dar a você o shaktipat. Sua elegibilidade para o shaktipat não depende de sua vida social ou sua conduta imediata, mas do ponto de evolução que você alcançou. Há um ponto na evolução pelo qual o shaktipat torna-se eficaz, mas esta evolução não é intelectual, emocional, social ou religiosa. Ela é uma evolução espiritual que nada tem a ver com a forma de viver, comer, se comportar ou pensar, porque geralmente fazemos estas coisas não por causa de nossa evolução, mas de acordo com a maneira com que fomos criados e educados.

A AUTO-RENÚNCIA

Nós discutimos os nove métodos estabelecidos do despertar de Kundalini, mas há um décimo caminho – o não aspirar pelo despertar. Deixe que isso aconteça, se acontecer: "Eu não sou responsável pelo despertar, a natureza está concluindo tudo. Eu aceito o que vem para mim". Isto é conhecido como o caminho da auto-renúncia e, neste caminho, se você tem uma forte crença de que sua Kundalini irá verdadeiramente despertar, vinte mil anos podem passar em um piscar de olhos e Kundalini irá despertar instantaneamente.

EFEITOS DOS DIFERENTES MÉTODOS DO DESPERTAR

Quando o despertar de Kundalini ocorre, observações científicas têm revelado diferentes efeitos. Aqueles que despertam Kundalini pelo nascimento, não registram quaisquer mudanças emocionais. Eles são como blocos de madeira.

Aqueles que despertam Kundalini através de pranayama têm um grande quantum de cargas elétricas na coluna vertebral e em todo o corpo e, momentaneamente, podem manifestar a esquizofrenia.

Karma yoga e bhakti yoga são considerados relativamente métodos suaves e seguros de despertar, mas os métodos tântricos são mais científicos que os métodos não-tântricos, porque no tantra não há possibilidade de supressão ou dispersão de energia. Nos métodos não tântricos há antagonismo – uma mente quer e a mesma mente diz não. Você suprime os seus pensamentos, você quer curtir, mas ao mesmo tempo você pensa "Não, isso é mau". Não estou criticando os métodos não-tântricos. Eles são métodos suaves que não lhe trazem qualquer problema. Eles são apenas como uma cerveja -+ você bebe um pouco e nada acontece, bebe de quatro a dez copos e nada mais acontecerá. Mas os métodos tântricos são como LSD, você toma um pouco e ele te leva direto para vorá(?). Se algo está errado, está errado. Se algo está correto, está correto.

Do livro Kudalini-Tantra, de Satyananda

* Isso me lembra o que disse Jesus em várias passagens do Evangelho:

João, 2:

3 E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho.
4 Respondeu-lhes Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora.

ou Marcos, 3:

31 Chegaram então sua mãe e seus irmãos e, ficando da parte de fora, mandaram chamá-lo.
32 E a multidão estava sentada ao redor dele, e disseram-lhe: Eis que tua mãe e teus irmãos estão lá fora e te procuram.
33 Respondeu-lhes Jesus, dizendo: Quem é minha mãe e meus irmãos!
34 E olhando em redor para os que estavam sentados à roda de si, disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos!
35 Pois aquele que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, irmã e mãe.

ou Lucas, 2:

46 E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, sentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os.
47 E todos os que o ouviam se admiravam da sua inteligência e das suas respostas.
48 Quando o viram, ficaram maravilhados, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que procedeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos.
49 Respondeu-lhes ele: Por que me procuráveis? Não sabíeis que eu devia estar na casa de meu Pai?

4 comentários:

Tupã Daran disse...

muito bom o texto fernando augusto, vou compartilhar meu blog no jardimdoshaman.blogspot.com

Martyn disse...

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

Qualquer disse...

Gostei desse post, mas tenho dúvidas. Por exemplo:

"Primeiro você precisa obter um mantra adequado de um guru que conhece yoga e tantra, e que pode guiar você através de sua sadhana."

Não conheço nenhum, onde encontro? alguém tem sugestão de mantras para essa finalidade (ou de "guru")?

"Isto ocorre porque certas ervas selecionadas despertam ou ida ou pingala, e outras podem suprimir ambos esses nadis e levar rapidamente a um sanatório mental. Por esta razão, Aushadi é um método muito arriscado e pouco confiável"

Entendi que é arriscado e pouco confiável, mas não o motivo. É ruim despertar ou ida ou pingala (em vez do canal central)?

Fabiano disse...

Esse ótimo texto,sintetiza muita coisa e vai direto ao assunto.

Me fez entender coisas que eu não estava conseguindo através de alguns livros.

Obrigado!