Sacro ofício

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Não depende da religião, não depende da quantidade de rituais, não depende dos deuses, santos ou orixás, independe de você cumprir mandamentos, independe da quantidade de plantas de poder que você possa experimentar, das obrigações, dos tabus, do seguir tradições ou pagar o dízimo em sua igreja, seita ou centro.

O despertar da consciência, a iluminação, a paz interior depende apenas de você, do seu esforço, da sua compreensão, do seu sacrifício, que é sacro-ofício, trabalho sagrado.

Ao longo da história as religiões, as seitas e as tradições sempre foram contrárias ao homem e a mulher em busca da sua iluminação, simplesmente por que tal ser nega-se a seguir com a manada e proclama a verdade de deus no próprio coração de cada homem e mulher para além da religião - F.A.

4 comentários:

Qualquer disse...

motivo pelo qual é a institucionalização que arruina as religiões - todas as religiões. Religião ou filosofia que propicia a libertação humana é aquela não institucionalizada. Eu conheço uma: o xamanismo

Qualquer disse...

Ou, por outro ponto de vista: se é "salvo" o homem que faz o bem porque o sacerdote lhe diz, é iluminado o que faz o mesmo bem - para si e para os outros -, mas por conta própria, sem precisar que ninguém lhe ordene ou que se lhe ameace com punições do além, aquele que homem ou mulher que encontrou dentro de si aquilo que outros tanto procuram num pedaço de papel. Ou, como diria o nuvem, aqueles que não apenas reagem, mas agem.

Alexandra Santos disse...

Depois de despertar... de perceber que a forma em que vivemos é uma tremenda palhaçada, depois de ver como mal tratamos a natureza que nos da vida... Qual será o segundo passo???? Gostaria muito de saber... Claro que mudar háitos de vida e continuar o desdobramento é um grande passo, mais será que é só isso????

Fernando Augusto disse...

O despertar é um processo, descrevê-lo não é possível, mas há duas analogias possíveis dentre muitas outras, Alexandra.

A 1ª é o nosso próprio processo de despertar após uma noite de sono, não despertamos plenamente de uma só vez, há um processo envolvendo todo o corpo e a percepção.

A 2ª analogia pode ser compreendida através da história de Neo em Matrix. A pílula vermelha foi um despertar inicial até que ele pudesse compreender sua situação e função dentro da Matrix.

Então quando dizes "só isso" pode ser dito que "isso" não é tudo, há muito mais antes de chegar na plenitude do despertar.

Abraços,

F.A.