Humanas ânsias

terça-feira, 12 de junho de 2012

Não deve ser à toa que de todas as humanas ânsias a arrogância e a petulância façam rima com a ignorância - F.A.

2 comentários:

beijamim disse...

As humanas ânsias são mesmo filhas da ignorância, que para se defender, geram a petulância e a arrogância.
Tudo porque não somos ensinados sobre o básico, os paus são plantados tortos para crescerem tortos e assim se enraízam e crescem.
Depois, para se endireitarem, custa-lhes muito sofrimento e poucos conseguem considerar estes sofrimentos preferíveis, a maioria nem sabe que são evitáveis.
Eu não morro de amores pela humanidade do jeito que está - nem por mim mesmo morro de amores - , mas posso perceber que ela poderia estar diferente, se lhe fosse dada real oportunidade para isto.

Fernando Augusto disse...

Quando falastes em real oportunidade e morrer de amores me veio a mente a via crucis de Jesus e de outros antes e depois dele, pessoas que morreram por amor a humanidade oferendo-nos uma oportunidade real de redenção pelo exemplo?

Abraços ;-)