Reptilianos em Dulce

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Para quem acha que esta história de ETs reptilianos (intraterrenos seria o termo mais adequado neste caso) é fruto da mente transtornada da tribo dos conspiranóicos uma entrevista traduzida com o ex-chefe de segurança da base de Dulce, nos EUA.

Quando a verdade é absurda demais para os padrões de condicionamento mental impostos à maioria ela parece mentira.

5 comentários:

KALI, desesperadamente humana. disse...

Tenho dificuldade de digerir essas questões. Muitas são verdadeiras, mas tem muita coisa inventada nessa seara. Eu tenho dificuldade de discernir qual é qual.

Fernando Augusto disse...

Oi, Kali!

O traduor deste vídeo, Chico Penteado, foi questionado se acreditava no aqui dito e disse: 50%.

Bem, se metade for verdade já é por demais incrível e muito além daquilo que nos condicionaram a acreditar.

Se nos perguntarmos se nossos mestres doutrinadores tem mentido para nós e se a nossa resposta for afirmativa em mais de 50% então poderemos ver o tamanho do impacto perceptivo daquilo que está oculto e o quanto este oculto contraria os interesses constituídos, inclusive em termos econômicos e financeiros.

No intento,

F.A.

Plaz Mendes disse...

Fernando uma pergunta...seriam esses reptilianos a mente alien que Dom Juan falava que nos controlava?

e por acaso o que seria aquele momento em que Castaneda e Catalina se transformam em duas serpentes...?

Sois Gratos

Fernando Augusto disse...

Sim, Plaz, há uma ligação entre os reptilianos e os predadores citados por Don Juan. Lembre-se que a camada mais antiga de nosso cérebro é o cérebro reptiliano ou complexo R. Aqui no blog há muito material sobre isto, por exemplo:

http://pistasdocaminho.blogspot.com.br/2008/12/manipulao-gentica-e-predadores.html

Na verdade os predadores são um tipo de reptilianos, pois nem todos os reptilianos são predadores.

A transformação realizada por Dona Catalina e Castaneda implica numa "mudança do ponto de aglutinação para baixo", onde se pode assumir diferentes formas animais. Recomendo dar uma lida nos capítulos referentes a isto no Fogo Interior, pois não me parece que eles assumiram a forma de serpente.

No intento,

F.A.

Dinarte araujo neto disse...

Me recordei de um livro de ficção-terror nacional que coloca esta "entrada" do submundo camuflada, por onde entravam e saíam entidades e se conectava com outras realidades, na maior parte ameaçadora, e muito, á integridade humana. O livro do Arthur Clarke, O Fim da Infância, mostra os extraterrestres como arrepiantes lagartos. Muitos filmes produzidos e financiados por estas seitas e associações estão tentando nos preparar para este impacto, o de sairmos de nossa infância em 'berço esplêndido' da ignorância. Ora, se tais draco-répteis predadores nos consideram ilegítimos dominantes, como eles perderam o comando direto da superfície, já que existem há milhões de anos? Portanto há de se supor uma rivalidade crucial com outra espécie pelo menos, não- humana, que os manteve afastados ou nos bastidores da história. Assim espero que a hipótese de Iehua-Jesus ser um híbrido humano-extraterrestre seja um fato,um projeto arquetípico e existencial de integração humano-cósmica para a humanidade, inclusive o Sudário de Turim nos abre muitos segredos desta hipótese bem fundamentados. Mas o que importa é o Coração-Mente integrados, e não crenças dissociadas da práxis. Crenças, os draco-répteis são mestres em manipular de dentro da cabeça humana!