Consciência e obediência: a experiência Milgram

sexta-feira, 7 de junho de 2013

A experiência Milgram revela como nós, humanos, fomos domesticados a tal ponto para seguir a autoridade que acabamos por renunciar a nossa própria responsabilidade frente ao sofrimento que podemos causar ao outros com justificativas do tipo:

"Desculpe, mas não é pessoal"

"Estou apenas seguindo ordens"

"Deus mandou que eu fizesse isto"

"Se o governo aceita isto então não pode ser para o nosso mal"

A obediência é o ato de seguir a própria consciência e não a ação de alinhar-se a uma autoridade que se arroga superior e com isto usurpa a nossa responsabilidade.

Nós somos responsáveis pelo nossos atos e não um deus, uma entidade, uma instituição ou alguém bem posicionado na escala sócio-política.

Obediência à consciência e não a outrem. Isto é autonomia existencial e liberdade pessoal.

"Mais crimes são cometidos em nome da obediência do que da desobediência. O perigo real são as pessoas que obedecem cegamente qualquer autoridade"

Banksy

Nenhum comentário: