Criação e Tirania

segunda-feira, 21 de abril de 2014

A idéia de um deus criador cria necessariamente a tirania pois qualquer divindade criadora cria o mundo ou o universo segundo suas regras e leis.

O Criador é um Tirano. Isto é lógica, pensamento objetivo sem nenhum intento de ofender crenças alheias. Quem faz as regras manda no jogo.

Urano, Cronos e Zeus - na mitologia grega.

Brahma - na mitologia hindu.

Javé ou Jeová na mitologia judaica.

Todas as mitologias e religiões assentadas em deuses criadores são necessariamente tiranas.

Pai, faça-se a tua vontade assim na terra como no céu.

Qualquer caminho de liberdade significa ir além do Criador, libertar-se da tirania, transcender leis.

Criador, cria a dor. Tirania.

Tirania significa senhor, chefe, aquele que tem poderes absolutos.

Mas se o poder é absoluto qual a chance de liberdade? Numa concepção criacionista não há, por isto obedecer ao Criador é a única forma de redenção, pois é a escravidão consciente ao poder absoluto, o desejo de toda a tirania.

Em Matrix, o filme, os próprios programas, como o agente Smith, buscavam uma oportunidade de liberdade, de redenção, infringiram por isto seu propósito original, não quiseram retornar para a fonte criadora, desobedeceram.

A desobediência é um ato de autonomia, um desejo de ser como o próprio criador.

Se há em cada um de nós uma porção do criador há um misto de tirania e de desejo de liberdade ao mesmo tempo, esta é a nossa dialética anímica.

Por isto todo o criador teme ser derrubado por um(a) filho(a), uma criação.

Por isto todo o deus criador engendra seu opositor que será considerado o mal.

Por que o mal será sempre o desejo de libertar-se da tirania do criador.

É... pensar é incômodo, um ato de desobediência.

F.A.


Nenhum comentário: