Anjos e demônios

terça-feira, 21 de junho de 2016

Os maiores demônios estão dentro do próprio homem, são os seus defeitos: ciúme, inveja, ira são demônios reais, entidades psíquicas que possuem o emocional, o mental e o físico das criaturas tornando-as pessoas possuídas pelo próprio ego, pois o ego é uma somatória de eus e estes eus quando não são observados e compreendidos na própria pessoa revelam sua face demoníaca em atitudes sutis ou grosseiras, criando demandas desnecessárias e cruzas inexistentes, frutos de uma fantasia paranoide ou de uma projeção do inconsciente da criatura. O demônio ou o anjo são apenas expressões psíquicas do humano quando ele está inconsciente ou consciente de si mesmo.

O demônio é a inconsciência do próprio ego.

O anjo é a consciência do ego transmutado no ser divino presente em cada um.

Por isto um demônio pode ser um anjo caído, que sucumbiu a si mesmo, aos seus defeitos.

E, por outro lado, o anjo é justo o homem que soube enfrentar os seus demônios para realizar a luz do ser em si mesmo.

Nenhum comentário: